sexta-feira, 11 de novembro de 2011

Refúgio ( Repouso absoluto)



Nem sempre é fácil nos mentalizar para  optar e assumir a cem por cento essas mesmas tomadas de posição.  
Como  o ter de ser tem muita  força há que cumprir.
Querer e decanso è meio caminho para melhorar o resultado do tratamento.

Pedi aconselhamento a três dígníssimos médicos que me acompanham nas doenças (mental e oncológica) e todos eles foram unânimes que o descanso absoluto poderia ter um contributo até aos 50% na ajuda ao tratamento. Ponderei e tomei a opção de parar com toda a atividade incluindo contatos. O mesmo procedimento optei a não sair de casa. Agora e depois de passado este tempo vou dispor de algum tempo para dedicar novamente aos amigos. com quem sempre estive mentalmente.


Como podem perceber o refúgio não era de fácil acesso (brincadeira) mas foi suficiente para ser possível concluir os objetivos.

Nota: Agradeço aos meus amigos a compreensão e as muitas mensagens de apoio que recebi. A minha situação clínica é de boa perspetiva.
Um abração ou muitos beijos
Contem comigo, conto convosco....

6 comentários:

edumanes disse...

Boa tarde amigo Valdemar Marineiro,
Estou feliz por teres voltado
Tua presença indispensável companheiro
Te recebo com grande abraço.
Não te esforces meu amigo
Te cuida à maneira
Em todas as lutas estou contigo
Nossa saúde não é brincadeira.

Desejo um bom fim de semana para ti,
Um grande abraço,
Eduardo.

TINTINAINE disse...

Olá Valdemar!
Já desanimava de te ver aparecer. Para quem é hiperactivo como tu deve ser um grande castigo estar quieto, mas quando tem que ser não há outro remédio. A saúde em primeiro lugar.
Mantém-te calmo por mais uns tempos e quando voltares vens como novo.
Um abraço.

Anónimo disse...

Sem dúvida que sinto a falta dos teus comentários/histórias... Mas se foi recomendado descanso absoluto há que seguir as ordens.
Valdemar Alves

António Querido disse...

Olá amigalhaço, devagarinho mas passo certo, se te foi recomendado, eles têm as suas razões, quando o doente ajuda é meio caminho para uma boa recuperação, já tinha perguntado ao Carlos se sabia como estavam a correr as coisas, mas com o teu e-mail e agora ver-te aqui foi uma grande satisfação que senti com este sinal de regresso à nossa companhia!
Aquele abração para ti meu amigo

Fuzo Observador disse...

Bem vindo de novo ao nosso convivio Amigo Valdemar.
Espero; esperamos todos que tenhas vindo para ficar, e que o mau tempo já tenha passado, ânimo e força para venceres difinitivamente mais esta batalha.
Continuação de melhoras
Um abraço
Virgilio

Anónimo disse...

Conterrâneo e amigo:

Fiquei muito contente por saber que vais recuperando fisica e mentalmente, duas coisas essenciais para a vida que pretendemos!
Força companheiro!
Cumprimentos para a família!
Um grande abraço!

Pikó