segunda-feira, 31 de maio de 2010

Rio Douro = Sofre. Relembrar o Rio Tejo


Rio Douro de Paixões

Fortemente apunhalado!!!
Douro sofre com escassez de água.....
Debilidades de uma bacia sensivel
            Embora integrado na maior bacia dos rios ibéricos ( área total da bacia hidrográfica é de 97.603 quilómetros quadrados).O Douro Português sofre de três debilidades: a extrema dependência das afluências espanholas (80% da bacia situa-se em Espanha): a drástica redução de peluviosidade e dos caudais em anos secos.
     Gerir um rio de forma integrada envolve gerir muitos interesses, por vezes contraditórios e conflitiuantes.
      Há muitos utilizadores e muitos tipos de uso dos seus múltiplos recursos-a água, mas também a fauna e a flora do seu leito e das suas margens, ou o solo.
     No Douro, são muitos os conflitos.
       
    Rio Douro
           I
Com pena, peguei na pena
Pela pena de te ver sofrer
Pena, que não é pequena
Pena por tanto te querer
                II
Pena que hoje tanto sinto
Pena dos tempos de outrora
Pena que sinto e não minto
Pena por sofreres tanto agora
              III
Pena desses tão puros amores
Saudades, dos amores verdadeiros
Pena desses nobres pescadores,
como dos barqueiros e marinheiros
              IV
Pena das redes, da chuva e  frio
Pena da pesca e da gente tão fiel,
Pena pesca  do Sável e lampreia no Rio,
Pescado no areio, de Sebolido/Penafiel
          V
Mas será desvendar um segredo!
Para as gentes aqui de Nogueira,
Que o Rio Douro, banha Canedo!
Uma Freguesia de Santa Maria da Feira
           VI
Mesmo dedicado ao Rio Douro,
Também noutros Rios me revejo
Adoro este meu rico tesouro
Mas nunca esqueço o Rio Tejo
          VII
Em outrora nele naveguei
Também nele andei a nadar
Como tal não o esquecerei,
Sempre Tejo  te  irei recordar.
          VIII
O Tejo e o Douro são,
os dois maiores de Portugal,
Não há moral, nem razão
P´ra lhe fazerem tanto mal.


domingo, 30 de maio de 2010

Resposta ao Centralão


O Povo ficaria de tanga
    O PEC e as suas medidas adicionais, os baixos salários e o desemprego fizeram com que mais de 300 mil pessoas se juntassem ontem sabado, na manifestação convocada pela CGTP.
 Lamentáveis uma vez mais, as afirmações  do coordenador da UGT esse tal Dr. Proênça que sempre e uma vez mais procurou servir os interesses do Bloco Central e do grande capital, o que aliás até nem surpreende, sabendo-se que foi com esse fim que a Central foi criada.
      Pena que muitos trabalhadores sérios ainda não tenham percebidos os propósitos destes senhores.
 Sabido que a Central nunca defendeu os interesses de quem sériamente trabalha, nem nunca os defenderá, pois se o fizessem, traíriam aqueles a quem prometeram fielmente servir.
Apelo à Unidade de todos os Trabalhadores.
     O  convite de Carvalho da Silva para a unidade não terá caído em saco roto, já que há sindicatos afectos à UGT que deram mostras de descontentamento por a central não só  ter-se alheado do protesto de ontem, como ainda alguns dirigentes o criticarem.
" A socidade avança quando a alma colectiva do povo desperta.
    Os Jovens não se podem deixar acantonar e amedrontar pela precaridade e pelo desemprego"
 Carvalho da Silva = Secretário Geral da C.G.T.P.
                I 
 DIREITA A VOLVER. BASTA.
  Há muitos lacaios disfarçados
A trabalhadores desmobilizar,
apontado-lhes falsos resultados,
que jamais se irão concretizar.

Substituição de Professora em Mirandela

Ministério da Educação Substitui a Professora da Play Boy 

Não fosse o diabo tecê-las!!!!
     Para defender os valores morais, que estiveram na base da suspensão e afastamento da Professora que ousou poisar para a Play Boy, o Ministério da Educação optou por uma  substituição, que lhe pensa lhe dará  garantias, para  que a revista não tenha de novo a tentação de atraír a nova professora para seguir os passos da colega substituída.
Se  o que é bom, é para se ver
Mas há valores a respeitar
Ganhando duzentos euros por mês
Chegava bem para se governar
         II
Mas que gente tão formal
Existem neste nosso Portugal,
Muitos que não tem moral
Para saber o que fica mal.

sábado, 29 de maio de 2010

Sporting Ganha Taça Europeia e Vice- Campeão Europeu em Atletismo Masculino.

Sporting Clube de Portugal 22ª Taça Europeia 

Trofeu Inédito em Equipas Portuguesas
e
Vice-Campeão Europeu em Atletismo 30 de Maio de 2010


    Sporting Clube de Portugal, conquistou hoje a Taça Challenge em Andebol, tornando-se na primeira equipa Portuguesa a ganhar uma Taça Europeia nesta modalidade.
Sporting Sempre
Leões NA FRENTE DA TAÇA DOS CAMPEÕES EUROPEUS
      Após o primeiro dia de competiça do Grupo A da Taça dos Clubes Campeões Europeus em Atletismo, que se está a disputar na Pista de Vila Real de S-to António a equipa do Sporting lidera a classificação colectiva com mais dois pontos do que a Luch de Moscovo da Rússia e oito sobre o Fiamme Gialle de Itália.
Sporting Forever

sexta-feira, 28 de maio de 2010

Qualidade de Vida para os do R.R.S.

Quem paga e porque paga!!! 
Rendimento de Reinserção Social
    Devo  assumir que sou favorável de um rendimento que seja atribuído a quem provadamente o justifique.
  Não sou favorável a um Rendimento de Reinserção Social, onde mais de oitenta por cento não o justificariam e acabariam uma série de tachos de quem a eles vivem ligados.
      Qualidade de vida é receber uma quantidade de euros mensais para não fazer nada.
      Qualidade de vida é levantar à hora que se quer porque os outros trabalham para ele.
      Qualidade de vida é ter como única preocupação escolher a pastelaria onde se vai tomar o pequeno
       almoço e fumar umas cigarradas, pagas com os impostos dos outros.
       Qualidade de vida é ter uma casa paga pelos impostos dos outros, cuja manutenção é paga
        pelos impostos  dos outros.
        É não ter preocupações com o condomínio, com taxas de juro, com declarações do I.R.S.
        Qualidade de vida é ter tempo para levar os filhos à escola, é ter tempo para ir buscar os filhos à escola, é poder (não significa querer) ter todo o tempo do mundo para acarinhar, apoiar, educar e estar na
        companhia dos seus filhos.
         Qualidade de vida é ainda receber gratuitamente e pago com os impostos dos que trabalham o compu
          tador Magalhães que de seguida vai vender a uma feira, é receber gratuitamente todo o material didático necessário para o ano escolar dos seus filhos e ainda achar que é pouco.
          Qualidade de vida é ter as ditas instituições de solidariedade social, que se preocupam em angariar alimentos doados pelos que pagam impostos, para lhe os levarem a casa, porque, qualidade de vida é também nem sequer se dar ao trabalho de os ir buscar.
           Qualidade de vida é não ter preocupação nenhuma excepto saber o dia em que chega o carteiro com
            o cheque do rendimento minímo.
             Provado fica que a crise não é abrangente a todos.

quinta-feira, 27 de maio de 2010

Pardalecos :- Conversas da Treta.

Conversas de Pardalecos!!!


Olha para o que eu digo; não olhes para o que eu faço!!!!

Disse Bento XVI
Tal declaração não foi surpresa para mim.
Sou Ateu, mas gosto de estar atento.
São conhecidos alguns figurões que não se cansam de andar de cruz ao peito e de vela na mão, mas que não passam de uns despreziveis.
     Muitos de nós já sabemos qual é o objectivo dessa cambada. Compadrio e lucro fácil, com bons tachos e muito proteccionismo entre eles.
     Eles não se importam mesmo nada em roubar o pão da boca  aos que têm fome.
     Mas tal como Bento XVI conhece os corredores «podres» da Igreja, também Mário Soares conhece os podres de alguns politícos, quando também diz públicamente que há politícos ladrões. E ninguém os mandou prender...
    Claro que se percebe porquê!!!
    Quem tem conhecimento do comportamento barbárie, de alguns muitos dos que falam em nome da Igreja e do País.!!!
      Há ditados populares.
Chama-lhe p... , antes que chamem . ..
 = Quem cala con..... e
= Tanto  L.... é o que rouba , como o que V.... 
Quem nas diz fica aliviado. Quem nas houve!!!!!

quarta-feira, 26 de maio de 2010

Cicloturismo 2010 = Eu estive lá = Nogueira da Regedoura

Passado, Presente e Futuro =Assegurado 

 Dos oito aos oitenta anos = Todos fizeram questão de pedalar
     Foi  talvez a iniciativa popular que melhor aceitação teve nas gentes de Nogueira da Regedoura.
     A cerca das três centenas que marcaram presença e participaram em cima da sua bicicleta, é a prova cabal do êxito retumbante que teve a iniciativa levado a cabo pela Jovem Associação de Cicloturismo da Vila de Nogueira da Regedoura.
     Verdade que uma parte dos seus Directores já tem traquejo de outras lides e como Directores no âmbito de futebol. Descalçaram as chuteiras e vestiram o equipamento do Cicloturismo e assim vão  aos fins de semana incentivando e cativando novos praticantes.
   Nomes sonantes desta Vila, que foram nas lides atletas de eleição ciclista de outros tempos tiveram a merecida homenagem.
Louve-se a iniciativa destes Jovens Directores nestas lides não quizeram deixar de lhe prestar esta honrosa homenagem.
Citar exemplos não é a melhor forma de incentivar. Mas a única.
Bem Hajam
Joaquim Carvalho = Pioneiro, nome consagrado. Homem que cortou a meta de uma volta de pasteleira.

Fernando Carvalho= Corredor que foi do Académico do Porto, Flandria (Belgica) e F.C.Porto.
António e Jacinto outros dois Manos
Joaquim Carvalho =Filho de Joaquim Carvalho ( oito voltas a Portugal)
Fernando Sousa último ciclista Nogueirense a participar na Volta a Portugal
Fernando Carvalho- Filho de Alberto Carvalho nascido em s. Paio de Oleiros e há anos a viver nesta Vila ( Vencedor de uma Volta a Portugal.
Nota:- Outros videos se seguirão que atestam a paixão das gentes Nogueirenses pelo Ciclismo
                1
Muito tenho para te dizer,
A ti Nogueira, Brejeira e boa
Para que eles fiquem a saber
Que Portugal, não é só Lisboa
                 II
Na ponte 25 Abril corre-se a pé
De bicicleta aqui em Nogueira
Mas em Lisboa, tudo é como é
Mas é tudo gente Porrreira
                III
No desporto amador,
participando com fervor.
Tudo é feito com calor
Muito carinho e amor

terça-feira, 25 de maio de 2010

Os Pobres!!! Ai que Medo

Foram Iluminados Por Quêm?
  Vá lá saber-se quem os iluminou, mas o facto é que os lideres da direita portuguesa tem uma noção perfeita da natureza da classe que pretende conduzir.
     Este é aliás, o mesmo  retrato das burguesias coloniais ou das noções libertadoras.
     O pobre é recebido à bala, dispara-se primeiro e pergunta-se depois, se foi abatido por erro!!! Paciência.
     Se não era bandido, haveria de sê-lo, porque pobre é bandido, vádio, pronto a roubar.
     A burguesia não tem a licidez e os seus lideres não têm a honestidade de identificar os culpados-os ricos- - das suas tributações.
    A burguesia, idolatra os vencedores, os seus lideres, por respeito de chefe de grupo, que manda neles.
     Já perceberam também porque é que a burguesia mandante na Europa trata os países do sul como vádios, calaceiros, ladrões potenciais a manter sob vigilância.

segunda-feira, 24 de maio de 2010

Amizades e Amigos

  Tenho a felicidade de poder contar com bons e fieis Amigos.
Amizades
     Tenho a enorme satisfação de ter amizades fieis e constantes.
     A amizade é a maior riqueza que inclui o último refúgio e força,  é a maior defesa contra o infortúnio que existe no mundo.
     Nada tem mais valor neste mundo, que  amizades sinceras e sem egoísmo, dar sem esperar receber, mas sabendo-se que é sempre muito mais o que recebemos do que o pouco que damos.
    Muitas pessoas nunca dedicam aos amigos um espaço de vida,  quando na realidade, deviam dedicar-lhe maior importância.
    Será que os nossos amigos não merecem também algum sacrifício?
   Não há nada mais belo do que termos a certeza de ter amigos leais.
  Que bom ter amigos que gostem de nós, por aquilo que somos e não pela riqueza que possuímos.
  Que pobre figura faríamos nós, se não tivessemos amigos que nos defendessem dos golpes e nos dessem bálsamo para as feridas cruéis, feitas pelo mundo.
O que vem escrito  em baixo:- escreveu Camilo Castelo Branco 
     Contava com 110 amigos, um dia ceguei de uma vista, alguns deixaram de aparecer, mais tarde ceguei da outra, dos 110 apenas 1 continuou a aparecer

domingo, 23 de maio de 2010

Estamos bem Protegidos!!!! Vai havendo uns Tachitos!!!!!

A Quinta da Senhora Merkel 
O Euro foi desenhado para servir os alemães.

    Bem podem gregos, espanhois e portugueses humilharem-se, aceitando os últimatos e ordens da Srª Merkel, que eles irão continuar sem exitarem a obrigarem a seguir a imposição das suas ideias.
   Pela maneira como as coisas estão a correr,estaremos em breve a assistir, a que as leis serão primeiro votadas na Alemanha e depois apenas teremos a obrigação de as aprovar.
   Se hoje já assistimos que andam pelo mundo fora sem vergonha estendendo a mão a mendigar  tachos, tratados pelos credores caloteiros perigosos e mentirosos de má-fé.
   Mas vai sempre havendo, vejamos onde eles andam Barroso, Guterres, Sampaio e Constâncio?
  Veja-se como estavamos quando chegaram ao Poder e veja-se como estamos agora? 
 Se temos de seguir o caminho dos Gregos, temos de começar por envenenar o Sócrates.

sábado, 22 de maio de 2010

Hoje não há Missa e Carta a Deus

Imagem do Papa depois da visita ao Porto... 

Só porque ía vestido de vermelho e porque invocou o nome de "Jesus"!!!!

Pedido de 100 Euros!!! A Deus
   Um rapazinho de 8 anos queria ganhar 100 euros e rezou durante duas semanas para Deus.
   Como nada acontecia, ele resolveu mandar uma carta para o Todo-Poderoso com seu pedido.
   Os CTT receberam uma carta endereçada para Deus-Portugal e resolveram entregá-la ao Primeiro Ministro.
    O Ministro José Socrates ficou muito comovido com o pedido e resolveu mandar uma nota de 10 euros para o garotinho, pois achou que 100 euros era  muito dinheiro para uma criança tão pequena.
    O rapazinho recebeu os 10 euros e imediatamente sentou-se para escrever uma carta de agradecimento:- Querido Deus:- Muito obrigado por me mandar o dinheiro que pedi. Contudo,
 notei que por alguma razão, o senhor  mandou-o através do Ministro josé Socrates e, como sempre aquele filho da p... mãe ficou com 90% do que era meu. 

sexta-feira, 21 de maio de 2010

Múmias Inspiradoras

Foto Legenda do nosso futuro Primeiro

O nosso Futuro Primeiro do Bloco Centralão.

A Santa Aliança

Inspirados na visita do Papa, a nova aliança politìca substituiu a velha A.D. pela nova S.A. (Santa Aliança).
     Como podem ver na foto de circunstância tirada à saída da residência do Primeiro Ministro. A 13 de Maio, que vem muito a propósito, o Santo Ministro em conjunto com o Cardeal Patriarca do P.S.D. preparam-se para salvar o País e enrabar o povo (e como estavamos a falar do clero esta ultima atitude vem muito a propósito: são sempre os mais pequenos que são molestados)
 
Farinha do mesmo saco  


O Poço
  Neste país de marinheiros, que engrossa o número dos que fazem fila à beira do poço. Unidos pelo"interesse nacional" o turbulento José Socrates e o bem educado Passos Coelho, empurram-nos um a um lá para dentro.Um a Um. Fazem-no é certo de forma diferente. O licenciado em Engenharia diz, alto e forte, com cada empurrão: "Só faço o meu dever".
   O economista empurra mais suavemente e pede desculpa suavemente e pede desculpa de cada vez.
     É uma diferença de estilo.
     O restante é sempre o mesmo.
     Lá vamos nós para o fundo do Poço.
   Já estamos habituados a más notícias, mas no minímo o que os governantes podiam fazer, era ficarem comprometidos com uma única versão da tragédia.
É que já vão sobrando poucas costas para tanto chicote.

quinta-feira, 20 de maio de 2010

Rio, Mar e Lago Niassa = Um verdadeiro Amor

Quando se ama, nunca se esquece. 

Amores que Perduram= Rio, Mar e Lago Niassa
              1
Com suas lindas paisagens,
outras mais belas  não há
Também as puras aragens
Só no Douro encontrará
                      2
Portugal é um tesouro
Há  locais de admiração
Mas atracção do Rio Douro
Invade-nos, todo o  coração

quarta-feira, 19 de maio de 2010

Um Rio, Um Mar, Um Lago, Um Clube Muitos Amores

Só eu Sei, quanto aqui sou feliz. 

Partilhando com os Amigos.
Eu sei que vocês sabem muita coisa. Também que sabem muita coisa sobre barcos.
     Mas mesmo que o Douro não passe pelas vossas terras todos aprenderam que a nossa maior glória, foi termos descoberto mais de metade do mundo.

terça-feira, 18 de maio de 2010

Que rica gaita! ´Dá-lhe Música.

 


Hoje optei por publicar dpis artigos,   porque quero recordar os bons tempos em que partiamos em romaria a pé de Sebolido até santa Lúzia de Canelas de Penafiel, com acordeão, harmónica de boca, Bombo, Ferrinhos, etc.etc. Se lhe juntar as bandas de Música das Freguesias circunvizinhas, Melres, Rio Mau e Pejão, dois conjuntos musicais etc.estamos perante um caso sério e podemos  ombrear com o Minho.
Como no artigo em baixo testemunho:- adoro a minha aldeia e quero partilhá-la com todos vós.

Recordações da Minha Casinha e do meu Rio

Não perguntes onde andei!!!! 
Continuando a manter a tradição dos meus antepassados



Reconstruí a lingueta que já contava mais de dois Séculos
 Minha homenagem aos Pescadores e Marinheiros do Douro e Mar
Avinhando a Varga da Pesca do Sável e Lampreia
Areio D´Ortos, o de maior extensão em todo o Douro(Sebolido) 

Tenho tudo para ser feliz aqui.


                   I
Amigo Douro não chores,
senão eu choro também
Porque tapas tantas emoções
Na dor que meu peito tem.
               II
Tanta ternura e saudade
Sinto do dono da casa
É uma fogueira a arder
Que me deixa o peito em brasa.
            III
Que esteja abençoada
Por boa graça, esta casinha
Para que seja perservada
Pela familia, que é minha
        IV
Vejo em cada angeró
De lousa velha e rompida
Uma corda a dar o nó
P´ra me amarrar mais à vida.
          V
Que esteja em cada tábua
Que o Patelinha meteu
Carpindo a sua dor,
Tal e qual, como eu.
            VI
E em cada pedra de Xisto
Que às paredes dão lugar
Imagino um Santo Cristo
Com meu Pai, a conversar.
             VII
Conversando certamente,
Para confiar-lhe seu tesouro
Para que guarde eternamente
O seu amor, pelo Rio Douro
             VIII
Terminar como comecei
Dando a conhecer a todos vòs
Esta grande herança que herdei
Dádiva de  meus Pais, e meus Avós

segunda-feira, 17 de maio de 2010

Fotografias que falam por mim

As minhas aldeias, têm Rio, Serras e Fragas.

Transportes Fluviais.
   Hoje o Mundo estará todo descoberto e as naus estão no Museu. Mas os barcos pequenos e primitivos continuam a ter um papel importantissimo, em Portugal teimam em acabar com eles, tantas as restrições impostas.
            I
Quando fui para militar,
Grande sorte foi a minha
Por voluntário me alistar
Para servir na Marinha.
            II
Um Jóvem com grande pinta
È um Marujo a bater o pé
Vem na quarta, vem na quinta
Mas sexta-feira enche a maré
                   III
Vou aqui lembrar a minha terra,
e sobre ela mesmo quero falar
Fica na encosta duma Serra
Com o Rio Douro a, a banhar
             IV
Com paisagem deslumbrante
Tantas saudades dela sentia
Adoro-a a todo o instante
Sou grande fã da sua magia
             V
Da beleza dos seus Penedos
Das Fragas do Vale da Fonte
Com todos os seus Rochedos
Mais a beleza do Monte
            VI
Anda o barco e a barca
Já de noite a navegar
As estrelas deixam marca
Mais o Luar a iluminar
           VII
Rio Douro, Douro Amigo,
Douro de atracções fatais
Jamais acabam contigo
Porque vós Rios, sois imortais.
             VIII
Passando pela Barragem
Melres Rio Mau e Pedorido 
É uma espectacular paisagem
Serra da Boneca em Sebolido
            

domingo, 16 de maio de 2010

Só mesmo no meu País

SONAMBOLISMO
Ninguem Vê, ninguem fala, ninguem impugna.

Tristes Sucessos, Casos Lastimosos, desgraças nunca vistas nem faladas.
    Verdade que durante uma semana em que o  importante era o Benfica comemorar o titulo de Campeão Nacional, com aquele espalha fatos pela Câmara de Lisboa e todos os recantos da Cidade, o facto do Presidente da EDP ter levado para casa em 2009 oito mil e quinhentos euros por dia, passou a ser irrelevante, mesmo juntando-lhe mais aqueles que recebem fortunas para serem executores de polítícas desastrosas que acabam por serem pagas e muito bem, por nós mexilhões.(Cada um tem o que merece)
   Segue-se-lhe a chegada do tal peregrino e o país volta a parar práticamente mais quatro dias.
   Passamos a viver como se estivessemos no país da Alice no País das sete maravilhas.
Acorda Zé Povinho = A Corda   
    Tudo foi ensaiado ao pormenor, o peregrino e seus jurados, onde a presença na primeirissima linha, era ocupada pelo nosso primeiro da Nação a dar o mote, com a primeira dama no beije mão com a devida vênia como se aconselhava, não fosse o único propósito proporcionar a captação da imagem falhar .
     Por  momentos pensei que estava a viver um sonho e a recordar os tempos da Jaqueline Kenedy.
     Interroguei-me se seria verdade que o meu País estaria de verdade com a corda na garganta, que não existe desemprego, e onde  muitas dezenas de millhares vivem abaixo do limiar da pobreza.
Fazendo-se acreditar-se que tudo isto tinha sido solucionado por um poder divinal do patrão do Vaticano.
     O Milagre não se concretizou e quando o Senhor partiu, com todo aquele aparato  acordei e, com uma certeza ficava:- O País estava mais endividado, e que os habituais malabaristas, aproveitando essa distração, tinham lançado mais uma série de impostos, onde o Mexilhão terá de pagar mais der 90%, enquanto os ditos pensadores apenas irão suportar uns escassos 10 por cento.
          I
É o melhor nome porque os trato
Eles que se pavoneiam a toda a hora
Estes salteadores de arca perdida
Estes abutres com pêlo de rato 
Viver à custa de quem sofre e chora
Que vêm e sentem, a sua migalha perdida
     Só uma forte união em defesa dos seus interesses os obrigará a parar de tudo tirar aos pobres, para ofertar aos poderosos e a si próprios. 

sábado, 15 de maio de 2010

Nampula/Moçambique, é uma Terra Luminosa

Nampula, tem uma história interessante.

    Ao contrário de outras do mesmo genero do interior, semelhantes em tamanho e desenvolvimento, como é o caso de Chimoio e Tete, frutos de um crescimento económico especifíco.
   Nampula parece ter o seu desenvolvimento ligado a razões de ordem estratégico-militar e de ocupação administrativa do vasto interior moçambicano pelas autoridades coloniais. Foi assim que nasceu e cresceu a cidade, que nos anos 60/70, transformada em Quartel General das Forças Operaconais portuguesas que lutavam contra a guerrilha nacionalista moçambicana, teve um crescimento notável favorecido também e em parte por nela passar a linha férrea ligando o porto de Nacala ao Malawi na altura em franco progresso.

      De linhas arquitectónicas modernas. Nampula está no centro de uma vasta região agricola e tem agora largas possibilidades de crescimento fora dos motivos que a fizeram crescer.
      Batida pelos ventos húmidos e periódicos das monções, às vezes violentos, Nampula cujo nome deriva de um chefe tradicional (N´wampuhla) que vivia na região onde hoje se localiza a cidade do mesmo nome.
     É uma terra luminosa e cheia de promessas de Bem Estar.
      
       Nampula a cidade Linda
       de vivência muito especial,
       Como te recordo ainda
       Mesmo aqui em Portugal

sexta-feira, 14 de maio de 2010

Triste Retrato do Meu País

Como é possivel no meu País de Abril?
  Com a devida Vênia Transcrevo do Blog PORTUGAL do Doutor ´José Maria Martins

Os nossos Deputados

O deputado PS Ricardo Rodrigues é o espelho deste P.S. e respectiva governação. Toda a gente vocifera que não pode ser que esta canalhada está a destruir o País e os poucos valores que ainda restavam.
     Que referências estamos a deixar aos mais novos?
     Leia a carta abaixo. É necessário fazer alguma coisa já que nem um Presidente da República temos em condições. Não pode ser!
   Texto do Dr. José Maria Martins, advogado, publicado no seu Blog Portugal.
    Um país cheio de tiranetes, de crápulas que nas suas aldeias e vilas fazem a lei e subvertem a Democracia . Estava agora a ver a televisão e a ouvir Ricardo Rodrigues, deputado do PS, eleito nos Açores, quando ele dizia que a Comissão da Assembleia da República, sobre o negócio da PT/TVI, nada mais era que uma forma de enxovalhar o Primeiro-ministro "Um dos mais altos magistrados da Nação". Publicada por José Maria Martins Pasme-se! José Sócrates um dos mais altos magistrados da Nação! Eu que conheço muito bem, e até pessoalmente, o deputado Ricardo Rodrigues e dei comigo a pensar: "Para onde vai o meu Portugal?". É vergonhoso que o PS tenha metido nas listas de deputados Ricardo Rodrigues.Vergonhoso! Digo-o no âmbito da minha liberdade de expressão e opinião. Digo-o como cidadão político. Digo-o na qualidade de irmão de dois açorianos: Victor Manuel Martins, nascido na Horta, Ilha do Faial, e de Maria Isabel Martins, nascida emVila do Porto, Ilha de Santa Maria. E lembro-me que Ricardo Rodrigues era advogado do sobrinho do Dr. Mota Amaral e nem soube defendê-lo, tendo sido eu a trabalhar para o libertar, pela incapacidade de Ricardo Rodrigues. Da mesma maneira que Ricardo Rodrigues deixou condenar, estupidamente, um amigo meu, um homem bom e muito influente em Ponta Delgada, quando Ricardo Rodrigues era apenas advogado e o irmão dele empregado na Associação Agrícola. Todos se lembram que Ricardo Rodrigues se demitiu do Governo dos Açores aquando do caso de pedófilia conhecido como Caso Farfalha. Agora aparece - depois de fazer mais umas tantas ilegalidades, porcarias, no âmbito de um jornal, do PS, que foi à falência em Ponta Delgada! - Como o homem forte do PS! Veja-se que pessoas o meu ex-partido tem como arautos! Onde está Mário Soares? Onde está António Arnault? Onde está Almeida Santos? Onde está Carlos Candal (já morreu)? Creio que o deputado Ricardo Rodrigues é o maior defensor, no PS, dos casamentos homossexuais, quando se sabe que não tem filhos... e que nos Açores é tido como membro do grupo Gay! Portugal está do avessso! Sócrates deixa estas pessoas tomarem posições de destaque e afundar Portugal. Onde estão os milhões de euros desviados da Caixa Geral de Depósitos de Vila Franca do Campo? Em cujo processo-crime Ricardo Rodrigues foi arguido e salvo pelos amigos, contra a posição da Policia Judiciária? Sei do que falo porque fui advogado desse caso em que Ricardo Rodrigues era arguido, mas alguém se encarregou de o safar... Se Ricardo Rodrigues me quiser processar que o faça! Mas temos que saber quem era o procurador gay que o safou! O procurador que tinha um namorado preso na prisão da Boa Nova, em Ponta Delgada! Uma miséria este Portugal! Por outro lado, ao longo do país vamos vendo tiranetes que defendem as suas capelinhas, contra o Povo. Nas freguesias, nos concelhos, há sempre os "regedores" que vão emporcalhando Portugal e sendo responsáveis pela miséria em que vivemos. Portugal está nas bocas do Mundo pelas piores razões. Eu por mim preferia dar um tiro nos cornos de um desses tiranetes a deixar o meu amado, o meu querido, o meu adorado Portugal morrer, o país pelo qual jurei morrer se fosse necessário. Declaro que se for necessário morrerei por Portugal, de armas na mão, mas há-de haver filhos da puta que vão à minha frente! Os Povos têm o direito de se revoltar! Os meus filhos, os teus filhos, os nossos filhos, não podem estar na mão destes biltres. Os portugueses, se for necessário, devem seguir o exemplo do Povo de Paris, os "sans culottes", que destruíram a Bastilha, que mataram Luis XVI e Maria Antonieta. Se me quiserem processar, façam-no, porque eu não tolero pedófilos, que não confessam, nem corruptos que destroiem o meu amado Portugal. Basta, já! Ricardo Rodrigues, homossexual, pedófilo, e vigarista!
Transcrevo com a devida Vênia ao Autor

quinta-feira, 13 de maio de 2010

Já não há pachora


A História repete-se a si própria e já não há pachorra para palavras novas.

     Ao contrário do que foram as juras recentes do mentiroso compulsivo de serviço, o Governo chefiado pelo dito prepara-se, tudo o indica, para subir o IVA, mexer nos salários dos trabalhadores, sacar o que puder do Subsídio de Natal, do Subsídio de Férias... tudo para «arrecadar» os quase dois mil milhões de que necessita para fazer a vontade aos donos. No caso (por certo altamente improvável e inesperado para os cérebros que inventaram esta “solução” para o défice) de o abrupto aumento do IVA e, portanto, da subida dos preços de praticamente tudo, acrescido do corte directo nos salários, prestações sociais, etc., etc., provocarem mais uma forte contracção no consumo interno, quebra de produção, perda de postos de trabalho e a respectiva diminuição de colecta de impostos, anulando a maior parte da expectativa de “arrecadação” desejada pela "Mofina Mendes" que manda no Ministério das Finanças, presumo que os génios que nos governam porão as caras de parvos do costume e empurrarão a culpa para a crise internacional e para aqueles que “insultam” e muito justamente vaiam em público Sua Excelência o Presidente do Conselho, o que será mais um pretexto para aumentar a segurança pessoal a Sua Excelência, notoriamente "ameaçada" por estas manifestações “antipatrióticas”, quase todas de índole comunista... e criar nas forças policiais um verdadeiro, novo, democrático e moderno espírito de Polícia de Intervenção e Defesa do Estado. Se, contra esta minha previsão de amador, conseguirem mesmo arrecadar os milhares de milhões que pretendem... na verdade não será uma grande proeza. Se eu assaltar uns quantos bancos, tendo a polícia a proteger-me, em vez de me prender, também sou capaz de “arrecadar” uma pipa de massa em pouco tempo. “Arrecadadores”. Pode estar aqui a nascer um belo neologismo neoliberal, como lhe chamaria o Sérgio Ribeiro. 
No entanto, dada a minha idade avançada, acho que prefiro ficar na minha.... e continuar a chamar-lhes apenas ladrões. 

O Casamento do Bloco Central
              I
A moda, como está ela !..
De não pedir a filha ao Pai
É chegar, e pegar nela:
Senhor sogro, ela cá vai?
              II
Os dois fizeram um juramento
Num amor puro e forte
Combinando um casamento
De se amarem até à morte
             III
Mas o Povo saberá
Libertar-se desta tensão
Com a sua luta, conseguirá
Que eles paguem esta traição.

quarta-feira, 12 de maio de 2010

Opções de Vida

Novas da Minha Experiência
    Não chega  sonhar e cruzar os braços à espera que o milagre aconteça.
Mudar da Vida 
     É uma opção que está ao alcance de muita gente e de todos os países.
     Como opção que é, temos a vantagem de optar pelo caminho que queremos seguir, que mudanças podemos operar, para alcançarmos a vida com que sonhamos.
     Ambição é a vantagem com que os realistas concretizam os seus sonhos.
     Não saber, ou não querer saber a verdade, é a desvantagem com que os demagogos constroem e justificam a desgraça.
     Devemos fazer a opção e não esperar que nos imponham o caminho.
      Podemos fazer a opção de procurar saber mais, de aumentar a nossa capacidade.
      Se tivermos a capacidade podemos deixar trocar a euforia pela depressão como quem troca de camisa.
      A solidariedade é um bom caminho.
       Se estivermos disponiveis para dar um pouco do que temos a quem mais precisa, talvez deixemos de sentir necessidade de ter o que não podemos.
    Insisto num desejo antigo
   Que hoje vos  vou dizer
    Acredito sempre no Amigo
   Que faz a  amizade  vencer
        II
 Os versos rimam aos pares
Na nobre arte da cantoria
És feliz se partilhares,
 bom humor, em cada dia

terça-feira, 11 de maio de 2010

Vira o Disco e Toca o Mesmo

"Tolo é aquele que naufragou os seus navios duas vezes e continua a culpar o Mar"

Era assim na Guerra Colonial e Portugal = Tal como nos dias de Hoje
     Ainda temos nas nossas memórias os ídos tempo da Guerra Colonial.
Quando queriam cortar no Tacho, o Rancho era o célebre "Arroz de Chaw Chaw" os "Ciclistas" e as "Toalhas Secas" isto é Feijão-Frade e Tripa -Seca.
   Tanto naquela altura como hoje os causadores pela desgraça continuavam a banqueatear-se contudo a que há de melhor, enquanto o pé descalço vai comer e limpar todo o lixo que tal ralé produziu.
    Já começaram a cortar nas Míseras Reformas, na atribuição do Subsidio de Desemprego e outros afins,mas as reformas de luxo, os vencimentos astronómicos, os criminosos  e imorais prémios que são distribuídos a quem nada produz.
 Shows de polícias, e tudo com pompa com gastos astronómicos para apresentarem ao mundo uma imagem derturpada da realidade e que a verdade é bem diferente, um país que cada vez mais o sub - jugam  mais aos interesses dos senhores  mandões de Bruxelas e do  poder Religioso.
    Está na altura de dar a Cezar o que é de Cezar e parar de os sacrificados serem sempre os mesmos.
       I
Sabendo que há tanto Morção
Investido como super inteligente
Saqueando todo o tostão
Que é pertença da gente.
     II
Sei que pareço um ladrão
Já dizia António Aleixo
Mas há muitos que eu conheço
Que não parecendo o que são
Nestas quadras que vos deixo
São aquilo que eu pareço.

segunda-feira, 10 de maio de 2010

Caminhante= Junta de Freguesia de Nogueira da Regedoura = Calcarreando por percursos sinuosos

Caminhar refresca a mente 

Procurar Readiquirir a forma perdida
Gostei de todo o traçado
Que foi escolhido por mim
Estou deveras encantado
Por ter resultado assim
         II
A vida é sombra que foge
Nuvens de nevoeiro no ar
A vida é o nosso dia de hoje
Como ondas de vento no mar
         III
Não me quero ver parado
Porque parar é morrer
Basta quando for enterrado
Já não me poder mexer

domingo, 9 de maio de 2010

Deixem pescar= Com os meios necessários.

Deixem o pescador Escolher os meios de salvamento
Doze mil Coletes, os quais as multas os pagariam com juros

Sabe-se que os Coletes não são funcionáveis.
O Governo já encomendou 12 mil coletes, vai gastar muito dinheiro para não resolver nada.
    Indiferente  à sua utilidade, espera recuperar esse dinheiro do investimento em multas que posteriormente serão aplicadas aos pescadores. Porque esses mesmos coletes não perrmitem certos movimentos a esses mesmos pescadores. Os pescadores não concordam nem com o uso obrigatório do colete, nem com a multa que terão de pagar se o não fizerem.
   Existem soluções muito mais eficazes.
A solução mais eficaz é o uso de calças insufláveis, os pescadores apresentam um projecto.Trata-se de equipar os pescadores com fatos flutuadores e rádio-balizas pessoais que, em caso de naufrágio, localizam a vitima e mantêm-na a flutuar.
 O importante, "é prevenir a morte", que o acidente é muito difícil de prevenir.
O Mar, é como uma  Roleta Russa. É jogo de azar.
          I
Já fomos um país de naus
Um país de bravos marinheiros
Agora só temos uns carapaus
Uma cambada  de interesseiros
            II
 Pescador homem honrado
Que come e sempre comeu
Pão com suor amassado
Da sina, dum mar que é seu

Gente sofredora            
    "As familias vão aos cemitérios e encontram as campas sem os seus mortos.
     É muito duro conformar-nos com a morte, mas nunca com um desaparecimento".
     Este ano já morreram 13 pescadores, em média um de quinze em quinze dias.

sábado, 8 de maio de 2010

COZIDO À PORTUGUESA

Portugal e a Grécia´

Os gregos comem tudo e não deixam nada.

Levaram-nos o Campeonato da Europa e agora o nosso dinheiro.
    O destino tem destas coisas: Portugal vê-se obrigado a emprestar dinheiro, e muito, cerca de dois milhões de euros, a taxas baixas que provavelmente nos darão prejuizo, a um país que nos provocou o maior desgosto colectivo dos últimos anos, a derrota no Campeontao da Europa em 2004! Se pensarmos bem é mesmo lixado. A tirar-nos um titulo que desejavamos como nunca, e agora isto: toma lá dois milhões de euros, só porque estás à rasca.
    Francamente, não mereciamos tal coisa.
    Quer dizer, nós construímos os estádios para cá receber o campeonato, gastando com isso uma fortuna, e endividando-nos até às orelhas,não foi? Os vários estádios foram todos eles construídos com milhões de dinheiros emprestados.
    Podemos dizer que nos endividamos como loucos para acabar por dar uma enorme alegria e esfuziante alegria...à Grécia!
      Foi portanto a nossa primeira divida contraída pela Grécia.
      Agora vem a segunda divída, que é para ajudar a Grécia a pagar a boa vida que levou durante anos e as obras dos Jogos Olímpicos, que lhes desiquilibraram as finanças, tal como o Europeu nos fez a nós.
    Acontece, que assim de repente, não me lembro de nenhuma vitória portuguesa nos Jogos Olimpícos de Atenas. Se nos tivesse dado uma ajudinha a ganhar umas medalhas de ouro, ainda vá, mas assim está mal. Neste relacionamento, só a Grécia tem ganho.
     Quem me dera a mim que Portugal fosse a próxima Grécia. Isso significava que alguém nos ia emprestar dinheiro, muito dinheiro e muito barato, e que íamos, algures no futuro, ganhar algum titulo em futebol ou em atletismo. Ora isso infelizmente não vai acontecer, e portanto esta relação Portugal-Grécia vai contoinuar desequilibrada, a favor deles.
      Eles comem tudo e não deixam nada, essa é que éssa. 
      Levam a taça, levam as medalhas, e ainda levam o dinheiro barato, e nós nada.
      Nem um golo nem um cêntimo.
      A vida é realmente muito injusta.
      Com a devida Vênia ao Correio da Manhã.
      I
Temos vários deputados
Julgando-se senhores do poleiro
Sentindo-se acomodados
Só lá estando pelo dinheiro
     II
Sei que quem paga que é o "Zé"
Mas hà outro que eu cá sei
Não vou dizer quem ele é,
Porque há muito que o enjoei.
 III
Meu nome termina em mar
Que me dá muita alegria
Porque sinto o balançar
E me faz boa companhia  

sexta-feira, 7 de maio de 2010

Corações Arrependidos e gamanso

Desexcomungaram-se 
Estranha forma de Vida.
Palavras para quê.

Deputado=Aquilo é de Ladrão Profissional

Os dois gravadores
   Anda para aí uma série de gente a dizer que não confia no deputado Ricardo Rodrigues porque ele roubou dois gravadores aos jornalistas da "Sabado".
     É que  isso constitui um grave atentado contra a liberdade de imprensa.
     É um crime, já agora.
     Mas o que me parece é verdadeiramente incrível nesta história, é a forma como Ricardo Rodrigues gamou os gravadores.
    Aqui foi fenomenal.
     Tive de ver os videos duas ou três vezes para perceber o jeito habilidoso com que o deputado sacou os gravadores da mesa sem que ninguem reparasse.
      Aquilo revela saber, experiência, classe na arte de gamar.
      Já há muito tempo se andava por aí a gritar aos sete ventos que os deputados são uns ladrões, mas nunca, como agora, isso se mostra tão claro.
    Mas atênção: roubam mas sabem roubar. Roubaram com destreza com que Luis de Matos faz aqueles truques de magia que ninguém percebe como é que acontecem.
    O que eu gostava que acontecesse, era que senhores como Ricardo Rodrigues deixassem o Parlamento e fossem gamar para outro lado.
     De ladrões já anda o País cheio
     Transcrito com a devida vênia Jornal 24 horas 7/5/2010
Aplausos e Nomeações:
Ricardo Rodrigues, o deputado socialista que furtou os dois gravadores a jornalistas durante uma entrevista, foi ontem recebido com aplausos na reunião do grupo parlamentar e viu oficializada a sua nomeação como conselheiro do primeiro-ministro para questões de segurança interna.
            I
Já fomos países de navegadores
Que demos novas terras ao Mundo
Agora só temos estupores
Para meter o barco no fundo
          II
são farinha dos mesmos sacos
Pouco ou nada há p´ra escolher
Ratazanas que parem muitos ratos
Sómente p´ra nos f.d.. comer

quinta-feira, 6 de maio de 2010

Povo Moçambicano e a Nossa Selecção

Presente de Moçambique.
    O povo Moçambicano mais uma vez provou que não esquece os pontos importantes e o elo de solidariedade.
    Um movimento de apoio ao Selecionador português Carlos Queiroz, também ele nascido em Nampula Moçambique, tomou a iniciativa de mandar escupir uma imagem de Nossa Senhora em pau preto, para servir de Talismã à nossa Selecção.
     A escultura foi benzida no Santuário Mariano de África, na Namaacha numa cerimónia que contou  com a presença do Presidente do Municipio da Namaacha Jorge Tinga e do Administrador Distrital, Artur Chindale.
    Queiroz disse:-
      « A minha preocupação é encontrar a solução e a resposta que engrandeçam e dignifiquem esse gesto generoso e solene»
         I
Moçambique doou-me em tempos
Um amor forte e profundo
Que me proporcionou momentos
Que me fez amar o Mundo
        II
Mesmo que um mundo diferente
De uma paisagem natural
Onde a gente bem se sente
Tal e qual em Portugal
      III
Portugal é o meu País
Moçambique Amor e paixão
Em ambos me sinto feliz
Tenho ambos no coração

quarta-feira, 5 de maio de 2010

Razão Tinha Rei D. Afonso Henriques

Mas que liberdade Religiosa é esta?
Quando é que pessoas como este aprendem, ou os obrigam a respeitar a liberdade dos outros 
Algarve =Diácono Recusou Celebrar Cerimónia Fúnebre

« Cardeal que ajudas me trazeis?
    Mal entrou no Palácio ouviu logo de D. Afonso, a seguinte pergunta rude: «Cardeal que vieste aqui fazer, se de Roma nunca me veio nada senão mal.
    Se trazeis alguma ajuda espero que ma dês já, senão íde à vossa vida.
     D. Afonso Henriques assumia-se um seguidor de Cristo desde 1140, quando passou a intitular-se rei de Portugal.
     Mas pretendia manter independência em relacção a Roma, desejando por exemplo, ser ele a nomear os bispos do seu reino.
      Teno nomeado um padre negro para bispo de Coimbra contra a vontade do Pa+pa, este enviou um Cardeal para o excomungar, o que veio a acontecer na madrugada do dia seguinte à sua chegada a Coimbra, onde Afonso Henriques se encontrava nessa altura.
 Cardeal, excomunga e desexcomunga Portugal e o Rei pela calada da noite.
 Não tendo coragem para enfrentar o jovem rei, o Cardeal optou por reunir alguns clérigos daquela zona pela calada da noite, excomungar Portugal e tentar regressar rápidamente a Roma.
    Mas, apercebendo-se da situação, D. Afonso foi no encalço do Cardeal alcançando-o em Poiares, obrigando-o a dexescomungar e retirando-lhe dos alforges a prata e o ouro que levava consigo. "Senhor eu desexcomungo Portugal em nome do Pai, do Filho e do Espirito Santo", terá gemido o cardeal antes de partir jurando que, quando chegasse a Roma lhe enviaria uma carta, referindo nunca mais Portugal ser excomungado durante o reinado de D. Afonso Henriques, o que veio a fazer, até que o sobrinho que ficou refém em Coimbra fosse liberto e pudesse também regressar a Roma.
    Alguns séculos depois não deixa de ser curioso analisar a tentativa do jovem primeiro rei de Portugal de separar a ideologia cristã do poder temporal que a Igreja Católica tinha assumido. Apenas porque lhe era mais conveniente para a gestão do seu país, oou também, ou até sobretudo, por discordância de prinicipio?
Transcrevo com a devida Vênia J.N. 5/5/10.

Bandeira do PCP impede funeral
Um diácono recusou acompanhar, da Igreja do Pé da Cruz até ao cemitério de Faro, o funeral de Cândida Silva, 57 anos, católica e militante do Partido Comunista Português (PCP).
    " O funeral da minha mãe estava a desenrolar-se normalmente no dia 24 de Abril. Depois da missa, antes da deslocação para o cemitério, colocámos a bandeira do PCP em cima da urna, cumprindo um desejo expresso em vida pela minha mãe" referiu Marta Silva, filha da defunta. "Quando o diácono, que se aprestava para acompanhar o funeral, viu a bandeira, retirou-se e chamou a familia. Disse-nos que se não a tirassemos, ía-se embora e não se deslocava ao cemitério". Segundo Marta Silva, o diácono justificou a decisão por o PCP "advogar uma ideologia contrária à Igreja".
    Revoltada, a familia de Cândida Silva optou por realizar o final da cerimónia com a bandeira e sem a presença do diácono. "Não aceitamos aquela atitude discriminatória e intolerante, em vésperas do 25 de Abril, quando a minha mãe era baptizada e casada pela Igreja.
"Funeral é uma manifestação religiosa e não politíca" justificou a diocese do Algarve.
   Com a devida Vênia transcrito do Correio da Manhão 5/5/10 
  Não chegariam já os caso acima exposto, a Inquisição, a vassalagem ao Estado Novo, a Pedofília e tantos e tantos outros casos,ou não caberá a cada um escolher o que deseja envolto no Caixão.
       Muitos milhares de militantes e votantes do PCP  são Cristãos.
        Esta discriminação irá continuar até quando?

terça-feira, 4 de maio de 2010

O SOLDADO MILHÕES =Monumento Combatentes da 1ª Guerra Mundial

Monumento em LA COUTURE Pas-de-Calais 

Dedicado aos Soldados Portugueses que combateram em França na I Grande Guerra.

     Um dos locais onde anualmente se comemora o aniversário da Batalha de La Lys, ocorrida em 9 de Abril de 1918.
     Monumento em pedra e bronze, obra do escultor António Teixeira Lopes, erigido por operários portugueses.
     Foi inaugurado, solenemente, por Portugal e França em 10 de Novembro de 1928.
     O acima citado foi:-Transcrito com a devida Vênia da Revista da ASMIR Nº 125.
    História da Batalha La Lys.
Nesta batalha que marcou a participação de Portugal na Primeira Guerra  Mundial, onde os exércitos alemães, provocaram uma estrondosa derrota às tropas portuguesas, constituindo a maior catástrofe militar portuguesa depois da batalha de Alcácer-Quibir, em 1578.

A 2ª divisão do Corpo Expedecionário Português (CEP), constituída por cerca de 20.000 homens, dos quais somente pouco mais de 15.000 estavam nas primeiras linhas, comandadas pelo General Gomes da Costa.
    As tropas portuguesas, em apenas quatro horas de batalha, perderam cerca de 7.500 homens entre mortos, feridos, desaparecidos e prisioneiros, ou seja mais de um terço dos efectivos entre os quais 3270 Oficiais.

  O moral do Exército era tão baixo, que houve insubordinações, deserções e suicídios.
De entre muitos anónimos um ficou para a história.
O SOLDADO MILHÕES
Anibal Milhais- Valongo/Murça