sexta-feira, 7 de maio de 2010

Deputado=Aquilo é de Ladrão Profissional

Os dois gravadores
   Anda para aí uma série de gente a dizer que não confia no deputado Ricardo Rodrigues porque ele roubou dois gravadores aos jornalistas da "Sabado".
     É que  isso constitui um grave atentado contra a liberdade de imprensa.
     É um crime, já agora.
     Mas o que me parece é verdadeiramente incrível nesta história, é a forma como Ricardo Rodrigues gamou os gravadores.
    Aqui foi fenomenal.
     Tive de ver os videos duas ou três vezes para perceber o jeito habilidoso com que o deputado sacou os gravadores da mesa sem que ninguem reparasse.
      Aquilo revela saber, experiência, classe na arte de gamar.
      Já há muito tempo se andava por aí a gritar aos sete ventos que os deputados são uns ladrões, mas nunca, como agora, isso se mostra tão claro.
    Mas atênção: roubam mas sabem roubar. Roubaram com destreza com que Luis de Matos faz aqueles truques de magia que ninguém percebe como é que acontecem.
    O que eu gostava que acontecesse, era que senhores como Ricardo Rodrigues deixassem o Parlamento e fossem gamar para outro lado.
     De ladrões já anda o País cheio
     Transcrito com a devida vênia Jornal 24 horas 7/5/2010
Aplausos e Nomeações:
Ricardo Rodrigues, o deputado socialista que furtou os dois gravadores a jornalistas durante uma entrevista, foi ontem recebido com aplausos na reunião do grupo parlamentar e viu oficializada a sua nomeação como conselheiro do primeiro-ministro para questões de segurança interna.
            I
Já fomos países de navegadores
Que demos novas terras ao Mundo
Agora só temos estupores
Para meter o barco no fundo
          II
são farinha dos mesmos sacos
Pouco ou nada há p´ra escolher
Ratazanas que parem muitos ratos
Sómente p´ra nos f.d.. comer

3 comentários:

TINTINAINE disse...

A tua primeira quadra é digna de figurar numa placa a afixar no Padrão dos Descobrimentos no próximo dia 10 de Junho.

Piko disse...

Este é mais um triste caso que mete um dos parlamentares que vai a todas e já mostrou que defende sempre o tacho e os que são seus beneficiários... O que é mais grave é que estas atitudes e os aplausos ( ridículo!... )põem a nu a forma insensata, de classificação inferior a que se sujeitam e de uma arrogância muito próximas de um Estado Novo de fraca memória...
Esta gente não se vê ao espelho?!
Estudaram e têm o curso de quê?!...
Quem representam?! A eles próprios com certeza, porque na praça pública, toda a gente condena a "rasteirice humana"...
Esperamos e temos FÉ que esta "estirpe" venha um dia a ser arrumada para lugar conveniente e que no seu lugar seja colocada gente de princípios e ética quanto baste e sem ser gente perfeita, mas que saiba aceitar o erro e a crítica ao serviço de um país a quem deve quase tudo e que por isso lhe exige seriedade e respeito!
PIKÓ

Fuzo de Agua Doce disse...

Estes meninos não gostam de perguntas incómodas, os jornalistas já deviam ter aprendido, e começar a fazer elogios e passar-lhes com a mão pelo lombo, isso sim eles gostam, doutro modo vão ficando sem as ferramentas para poderem trabalhar.
Um abraço
Virgilio