sexta-feira, 28 de maio de 2010

Qualidade de Vida para os do R.R.S.

Quem paga e porque paga!!! 
Rendimento de Reinserção Social
    Devo  assumir que sou favorável de um rendimento que seja atribuído a quem provadamente o justifique.
  Não sou favorável a um Rendimento de Reinserção Social, onde mais de oitenta por cento não o justificariam e acabariam uma série de tachos de quem a eles vivem ligados.
      Qualidade de vida é receber uma quantidade de euros mensais para não fazer nada.
      Qualidade de vida é levantar à hora que se quer porque os outros trabalham para ele.
      Qualidade de vida é ter como única preocupação escolher a pastelaria onde se vai tomar o pequeno
       almoço e fumar umas cigarradas, pagas com os impostos dos outros.
       Qualidade de vida é ter uma casa paga pelos impostos dos outros, cuja manutenção é paga
        pelos impostos  dos outros.
        É não ter preocupações com o condomínio, com taxas de juro, com declarações do I.R.S.
        Qualidade de vida é ter tempo para levar os filhos à escola, é ter tempo para ir buscar os filhos à escola, é poder (não significa querer) ter todo o tempo do mundo para acarinhar, apoiar, educar e estar na
        companhia dos seus filhos.
         Qualidade de vida é ainda receber gratuitamente e pago com os impostos dos que trabalham o compu
          tador Magalhães que de seguida vai vender a uma feira, é receber gratuitamente todo o material didático necessário para o ano escolar dos seus filhos e ainda achar que é pouco.
          Qualidade de vida é ter as ditas instituições de solidariedade social, que se preocupam em angariar alimentos doados pelos que pagam impostos, para lhe os levarem a casa, porque, qualidade de vida é também nem sequer se dar ao trabalho de os ir buscar.
           Qualidade de vida é não ter preocupação nenhuma excepto saber o dia em que chega o carteiro com
            o cheque do rendimento minímo.
             Provado fica que a crise não é abrangente a todos.

1 comentário:

Fuzo de Agua Doce disse...

Está tudo aqui, sem falhas é pena que os Partidos não levem a sério estes alertas que se ouvem de todos os quadrantes políticos e não dêem uma vassourada nos oportunistas que aproveitando a boleia duma lei que deveria servir para ajudar quem estiver em situação difícil,sirva também para sustentar malandros, calões e oportunistas.
Um abraço
Virgilio