quinta-feira, 22 de dezembro de 2011

Os humilhados do século XXI

Em que ocupam a inteligência, os milhões de portugueses  com salários e reformas iguais e inferiores ao salário mínimo nacional?
Acaso a maioria desta imensa  mole  mole humana de exploradores e humilhados, tem consciência de ser a maior força política e social deste país?
É evidente que não...
Com as mentes empedernidas por uma educação secular que fomenta o individualismo e subestima os valores do ser, ainda não perceberam que é possível construir uma sociedade mais solidária e mais igual.
Se em democracia todos são responsáveis, pergunto: a quem tem sido dado o poder durante dezenas de anos a maioria destes milhões  de expoliados?
Os carneiros, deixam que o dono insensível lhes tosquie o pêlo, lhes coma a carne e lhes chupe os ossos.
A maioria dos espoliados, acomodam-se submissos a governos insensiveis afirmando com toda a sua eloquência, que não vale a pena porque são todos iguais.   

3 comentários:

edumanes disse...

O medo é inimigo da democracia
O povo sofre a trabalhar
Sem esperança perde a alegria
Primeiro-ministro não sabe governar.

Vem o resto do país destruir
E o povo com fome matar
Fazem discursos a sorrir
Com os parvos a apoiar.

Se esta politica de merda
Por muito tempo continuar
Quem vier só miséria herda
E a quadrilha ficou a ganhar.

O povo humilde não quer chatices
Adormecido continua
Não se preocupa com as aldrabices
Feliz,caminha nas ruas da amargura!

Amigo Valdemar Marinheiro é um prazer poder comentar os teus artigos.
Um abraço, do compadri alentejano.
Eduardo.

Fuzo Observador disse...

Nós como reformados temos agora um aliado de peso, Cavaco disse ontem que não quer que os reformados se transformem em novos pobres, ao ouvir isto pensei: será que estava apensar em nós no geral, ou nas pensões dele?
Hoje confirmei que era esta segunda hipótese, ao ouvir do mesmo senhor, que ia continuar a apoiar o Governo, ora se foi este Governo que iniciou a maior roubalheira que há memória aos Reformados e Trabalhadores em geral, e o Presidente está totalmente solidário com a ladroeira? sou eu que estou a ficar gá-gá, não há dúvida.
Um abraço
Virgilio

António Querido disse...

Esperem para ver, em 2012 será o ano de maiores manifestações sociais, estão a mandar os jovens emigrar com receio que o chumbo lhes comece a aquecer o pêlo, mas nem todos são burros e começam a exigir mais igualdade social, o Carvalho da Silva, não foi em falinhas mansas e abandonou a reunião, isto foi só o princípio do fim da macacada!
Um feliz Natal