sexta-feira, 24 de junho de 2011

Biba a Tradição do São João

As quadras aqui públicadas umas são da minha autorias, outras transcritas do J.N. 24/6/2011
Ó meu rico S. João
Meu lindo São Joãozinho
Dá-me a Sardinha e Pão
Boa Água em vez de Vinho

Quando na roda o desejo
Tem chama que nos aquece,
Um beijo puxa outro beijo
E, depois, tudo acontece...

Contigo sempre que possa
Em pecado quero arder...
Fogueira que não é nossa
Dá-nos mais gozo acender!...

Qem me dera, meu santinho,
Correr pelas tuas ruas agora
Calcarreando esse caminho
Com os meus passos de outrora

Ó S. João, quem agora me dera
Ter asas para  a  essa dança
Voltar a ter uma Primavera
Dos meus tempos de Criança!

A cascata em minha casa
Hoje é bem pobre, S João...
Nerm a fogueira, tem brasa
Nem o coisa tem pressão.

Fonte que cantas baixinho
E dás água a quem te pede,
Deixa-me dar-te um bejinho
Qu´estou a morrer de sede!

Nas festas da minha aldeia
O S. João tem mais magia:
Toda a moça linda ou feia
É fogueira acesa neste dia.

2 comentários:

António Querido disse...

Parabéns aos Autores
Por estes versos lindos
S. João dos meus Amores
Voltem serão bem vindos

Fuzo de agua doce disse...

Não me custa adivinhar que a primeira quadra é de tua autoria, pois mandas os Rapazes beberem água com sardinha assada, ó Amigo Valdemar essa maldade não se faz, meu rico tintinho.
Um abraço
Virgilio