sexta-feira, 2 de setembro de 2011

Bosa ouvidos nos ouçam

Dezasseies personalidades (gosto prticularmente da palavra" personalidades" porque não significa coisa nenhuma e  um significante sem significado nem referente  é sempre uma aventura da linguagem) das mais dipersas áreas-jornalísticas, políticos empresários, sindicalistas, polícias, militares, mais o inevitável bastonário dos advogados-confessaram-se ao DN receosos de serem alvo de escutas, pelo que "quando falam ao telefone, têm cuidado" (imagino que dizer palavrões, pois podem estar a serem escutados por uma senhora.)
Uns ouvem "ruidos estranhos" outros  "pequenos sons" e "sinais", outros têm "a conversa subitamente interrompida"  e outros  já só falam abertamente ao telefone quando falam de vinhos.


4 comentários:

edumanes disse...

Bom amigo Valdemar, espero que esteja tudo bem contigo.

Para se saber o significado
É preciso de cifra entender
Depois do texto cifrado
Todos o vão perceber?

Um abraço
Eduardo.

Fuzo Observador disse...

Eu a pensar que os ruidos que oiço, eram de estar a ficar duro de ouvido, ou quem sabe algum de traque saído sem autorização, e estou a ver que também estou a ser escutado, paciência, o que tinha a esconder já está bem escondido, já não me apanham.
Um abraço
Virgilio

António Querido disse...

Esses que vivem desconfiados que estão a ser escutados, têm algo a esconder, ou negociatas sujas, ou infidelidades camufladas!
Quem não deve não teme!
Cuidado com os sons estranhos, principalmente no dia da feijoada!
O meu Abraço

TINTINAINE disse...

Quem não quer ser ouvido calça umas pantufas!
Atiram-se pedras para o ar para descobrir quem tem telhados de vidro.