segunda-feira, 26 de setembro de 2011

Tinha de ser na Marinha


Diferenças salariais irritam militares.
Chefes ganham menos que subordinados.

Militares mais jovens no posto estão a ganhar salários mais elevados do que os mais antigos, uma consequência do novo regime remuneratório que está a causar mal-estar nas Forças Armadas, em particular na Marinha, em que há mais casos, soube o JN,

Em causa está o novo estatuto remuneratório, que criou discrepâncias salariais entre militares do mesmo posto.
A situação criou uma injustiça salarial nunca antes vista nas Forças Armadas, abrangendo centenas de pessoas-militares promomovidos recentemente para um posto chegam a ganhar mais do que os mais antigos nas memas funções. Nos postos de Sargento por exemplo , a diferença ronda os 100 euros mensais.
Ao fim de um ano 1.400 euros.

3 comentários:

António Querido disse...

Isso não acontece só na Marinha, está a acontecer com Professores, aliás com todos os funcionários públicos com exceção de membros do governo e deputados!

edumanes disse...

Já só vemos injustiças,
Porque não sabem legislar
São tantas, e postiças
Porque o governo não sabe governar,
Ele diz que veio para o pais salvar
Mas, eu, nele não acredito
Porque ele quer acabar
Com o nosso grito?

Para ti, amigo Valdemar
Hoje, sem marinheiro
Comigo não te vais zangar
Porque eu sou teu amigo verdadeiro.

Força amigo não te deixes vencer
Não iremos mais ver o Lago Niassa
Mas, também, nunca o iremos esquecer.

Um abração para ti amigo,
Eduardo.

Fuzo Observador disse...

O Amigo Páscoa, já disse quase tudo, só acrescento que isto acontece há muito tempo, quando ainda estava a trabalhar tinha no meu sector dois Encarregados, o Governo sem ouvir quem estava dentro do assunto, alterou as categorias e estes dois Encarregados dum dia para o outro deixaram do ser, tendo sido ultrapassados a nivel monetário por outros funcionários mais recentes, como se pede a estes Homens para continuarem a trabalhar com o mesmo empenho como se nada tivesse acontecido?
Estamos entregues a incompetentes.
Um abraço e continuação das tuas melhoras
Virgilio