quinta-feira, 17 de dezembro de 2009

A Garça e a Lagartixa

Guerra Psicológica
Que Garça, com Lagartixa que nunca chega a Jacaré
Chovia copiosamente, mesmo assim não evitamos a fazer uma visita surpresa a casa do Filho da Escola Magalhães, tão perto que vive de mim e eu nunca o tinha encontrado até quando à quinze dias atrás me desloquei a casa dele a mando do Carlos, para saber algo a seu respeito.
Fiquei deveras contentíssimo, da forma calorosa como o escolinha me recebeu e a sua Esposa, que se não conhecesse a intensidade com que as nossas esposas vivem a nossa vida na Armada. Me convenceria que ela lá teria estado.
Tinhamos previsto um encontro em Condeixa com um Amuigo vindo do Niassa, o Carlos não poderia perder a oportunidade de estar com o seu filho da escola, da forma como tinha sido recebido nem pitada dei a conhecer, queria-lhe telefonar, mais eu fui adiando, porque queria guardar essa surpresa de hospitalidade com que o Carlos seguramente seria recebido. Palavras para quê!.... que se veja o Blogue da Companhia de Fuzileiros nº 2 e está lá tudo escarrapachado na cara deles. Recomenda-se uma visita.
Metangula e a merecida bandeira
Quanto mais te revejo, mais gosto de ti


1 comentário:

TINTINAINE disse...

A ti Valdemar que foste o «Encarregado da Piscina» enquanto estiveste em Metangula vou contar-te um segredo. Ela não se vê, entre os dois prédios, da foto de baixo e à esquerda, porque nós ainda não tínhamos começado a escavar o buraco.
Mas quando lá chegaste já te pudeste regalar com uns belos mergulhos para refrescar as ideias.
É a velha história do antes e depois. Eu fartei-me de pá e pica para que tu pudesses gozar a tua permanência naquele local como um rei.
Que continues a ter sorte na vida é o que te desejo!