sábado, 7 de maio de 2011

Pão Alentejano


Riam-se, riam-se, que isto está é pa rir...
Um enfermeiro do Hospital de Santa Maria, estava namorando uma médica e ela ficou gravida!
Ele, não querendo que sua mulher soubesse, disse-lhe para pedir a transferência para Évora.
- Como te aviso quando o bebe nascer?
- Manda um postal e escreve só ''Pão alentejano.
Passaram-se alguns meses e, um dia, quando o enfermeiro chegou a casa, a esposa disse-lhe:
- Recebeste um postal de Évora e eu não consigo entender o significado da mensagem.
Ele leu o postal e caiu no chão com um violento ataque cardíaco. Foi levado imediatamente para as urgências.
O cardiologista perguntou à esposa:
- Aconteceu alguma coisa que possa ter causado o ataque?
- Não! Ele apenas leu este cartão postal que diz:
"Cinco pães alentejanos: Três com chouriço e dois sem" .



1 comentário:

edumanes disse...

Até do namoro que o enfermeiro pretendia esconder da sua mulher, entram os alentejanos. Nste caso o chouriço e o pão alentejanos. Então digam lá, se por acaso, os alentejanos não existissem, como é que enfermeiro saía dessa mentira, bem pensada. Ao fim e ao cabo, não resultou pelo facto de serem três rapazes e duas raparigas. Porra que os gajos não foram nada meigos. Eram piores que o padre de trancoso!
Resto de bom domingo
Um abraço
Eduardo.