sábado, 11 de dezembro de 2010

Cuidado com a Polícia!!!


O Tempo passa
no blogue ;-
marinheirododouro.blogspot.com


Pode acontecer a qualquer um que goste de beber uns canecos
                                    Há dias fui à despedida de solteiro de um grande amigo meu.
Quando voltava para casa, fui mandado parar pela BT à entrada da cidade... Eu estava num estado lastimável.   Quase caí ao sair do carro, e vi três policias a pedirem-me para soprar o balão.
    Só que, felizmente, do outro lado da estrada surge um camião que sobe a divisória e capota, espalhando um carregamento de tijolos pela estrada.
     Vendo isto os policias começam a correr em direcção ao sinistro e mandam-me embora.
     E eu lá peguei no carro e fui todo contente: Grande sorte!
   No dia seguinte a minha mulher acorda-me e pergunta:
    - Olha lá! O que é que faz um carro da Brigada de Trânsito na nossa garagem? 


3 comentários:

Fuzo de agua doce disse...

Claro que isto não se passou contigo, mas acredito que anda para aí muita gente ao volante, sem condições para tal, não só pelo álcool mas também por outras substâncias que também vieram para ficar, para «mal dos nossos pecados».
Um abraço
Virgílio

António Páscoa disse...

OLHA LA AMIGO! Onde foste arranjar essa?
Sabes que a GNR actual já não são burros a esse ponto!
Depois há muitas causas para tornar alguns condutores, assassinos da estrada, o que me partiu o meu Passat vinha a mais de 100 onde só podia dar a 50, ontem há noite, estava eu já numa passadeira e um tresloucado acende o sinal vermelho do limite de velocidade e passa pela minha frente sempre a mesma velocidade, quem tem a cabeça no lugar e que tem de ter cuidado!

Um abraço e cuidadinho!

eduardo maria nunes disse...

Esta é o máximo de tanta imaginação, cheia de humor ao mesto tempo. O azar de uns é a sorte de outros. Neste caso o homem da sorte foi (imaginário). Aquela parte em que a mulher o acorda e lhe pergunta o que faz o carro da Brigada de Trãnsito na garagem. Esta é caso para pensar, que tudo isto poderia ter acontecido, mas ainda bem que só aconteceu na imaginação de VALDEMAR.
Um abraço
Manda mais.