quinta-feira, 9 de dezembro de 2010

Mapa de Preparação para a Prova de aquisição da Boina de Fuzileiro


A carteira recheada do Ti Luis Guerra
no
marinheirododouro.blogspot.com

Como pode verificar-se, o marinheiro navega na crista da onda 
Pode ver-se a extensão de dois passadiços paralelos e de cada lado areia fina
A bicicleta pode ser uma preciosidade para a preparação e teste de resistência

Também a Pesca à cana pode ser um teste à paciência
Uma amiga a quem pedi para tirar uma foto e ela se disponibilizou para colaborar e postar.
Também o ala arriba pode entrar como teste à prova de resistência

Nada melhor para incentivar que dar exemplo, juntem-se  a nós companheiros
As embarcações esperam pelos candidatos e as gaivotas prontas para mensajarem
Gaivotas na areia. Mais palavras para quê?
O Panorama, onde se junta o mar e as embarcações é único.
Gaivotas começam a testarem-se por caminhos pedregosos.
Nós já começamos porque espera você por se decidir?

4 comentários:

TINTINAINE disse...

Com o frio e a chuva encostei a minha bicicleta e já começa a ganhar ferrugem.
Tenho dado uns passos em vez de pedalar, porque além do frio e da chuva também o vento resolveu embirrar comigo. Se pedalo para o norte, ando 2 kms em cinco minutos, mas depois demoro meia hora para voltar para trás.
Parece-me que até à Páscoa não vai haver mais "burra"!

Valdemar disse...

Burra é a ideia que te persegue.
Quando não se tem arma, caça-se com um Pau,se não se tem cação usa-se o furão.
Eu tenho dias de o Vento Soprar a 40 e 50 por hora, mas vai que chuta.
Claro que não ando agora de bicicleta, mas reforço as caminhadas de marcha.
Quando o tempo está melhor então sim, lá dou a minha volteca.
Ainda no dia 18 vamos todos de Pai Natal e contribuir com qualquer coisinha para os mais pobres (carênciados) aqui da Freguesia de Nogueira. Também serve para estes gestos de solidariedade. Nota:- Se o Agostinho Verde lê este meu comentário ainda pensará que me estou a preparar para entrar no Reino do Céu dele!!!
Carlos Lamentando, Gemendo e falando.
Mas não percas a vontade e devagar sempre andando.
Conto contigo para o Teste.
A boa vontade também dá valores.

eduardo maria nunes disse...

O Valdemar,começou na crista da onde,passou pelo passadiço. Prendeu a bicicleta ao poste.Foi pescar, à cana, na praia.Pelo caminho encontrou uma amiga e pediu-lhe para tirar uma fotografia.Foi verificar as redes.Seguiu para a lancha, e lá se fez ao mar.Várias gaivotas poisadas na areia esperam pelo seu regresso e que pesque muito peixe, para que possa partilhar, com elas?

Fuzo de agua doce disse...

Valdemar
A bicicleta que se encontra a descansar encostada ao pau, é o teu «cavalo»? é que reparei que o selim tem cor azul, será que anda aí influencia das Antas?
Ou estou a ficar daltónico.
Um abraço e boas caminhadas a pé ou de bicicleta.
Virgílio