quarta-feira, 16 de março de 2011

Munícipio de Oeiras = Que dirá a isto o Virgilio Miranda

Foi de facto extraordinário a evolução célere de Oeiras e hoje segundo Isaltino, são considerados o número um.
Em muitos indicadores sócio e económico no Jornal Público.
No ano transacto de 2010, recebemos o prémio de melhor Concelho para estudar, sendo nada mais que um estímulo positivo para continuarmos.
Não é por estes prémios que iremos parar os investimentos que estamos a realizar na área da educação.

CONTRASTE!!!
RIOS...
É de Fechar...
Pois então fechem as empresas imorais que destroem os nosso rios.
Temos o direito de poder nadar, temos de voltar a ser saudáveis. temos direito a ar limpo e a água limpa.
E deêm a terra ao povo e condições para que possam de novo a poder a voltar a trabalhá-las, com proveito de cultivo e subsistência.
Só mais uma coisinha:..
A coisa (ilação) interessante a descobrir é como se pode ir de três pessoas para as trezentas mil sem pedir permisso a qualquer partido, sindicato ou associação?

2 comentários:

edumanes disse...

Mistérios que Sócrates não consegue descobrir. Se Isaltino de Morais é assim tão competente, porque não se candidata a primeiro-ministro, para salvar o país da crise?
Algo de muito estranho está acontecendo com esse senhor. Pelos vistos a crise, ainda, não chegou ao concelho de Oeira, era bom que fosse assim em todo o país. Por que será?
Também dizem que no Principado do Major Valentim, o comboio não descarrila. Será que esses dois concelhos já não fazem parte de Portugal. Ou será que estes dois senhores, que os outros chamam de corruptos. São pessoas sérias? Talvez a senhora Fátima Felgueira, tenha sido afastada da Câmara, por ser mais honesta, do que aqueles que a acusam, por crimes que certamente não cometeu. ou será que foi por ser uma pessoa querida dos seus municípes?
Um abraço
Eduardo.

Anónimo disse...

O Virgílio Miranda não pode ficar calado perante o repto do Amigo Valdemar, mas não estou em forma para desenvolver o que sei do Concelho, só posso dizer que cá moro em permanência desde 1969, embora já por cá andasse antes,trabalhei na Autarquia mais de um quarto de século, antes percorria todo o Conselho mais umas quantas Localidades do Conselho de Sintra, na reparação da iluminação Publica destes Conselhos, estou portanto a par do que foi e o que é Oeiras, mas hoje não é o dia para me alongar.
Um abraço
Virgílio Miranda