domingo, 13 de março de 2011

Nova Etapa (O Neto e a Gata)

A GADATA na Rádio Globo Azul de Santa Maria da Feira
Quando partir físicamente deste mundo ao qual vim parar sem ter pedido para nascer , e que  durante vários anos fui contribuindo para me  matar apressadamente, hoje e de há 24 anos a esta parte tudo faço para estar de bem com ele e com a vida.
Tenho desde há mais de vinte anos e isto depois de ter estado numa situação lastimável onde pouco mais era que um tapete humano e ou um escarrador público, saí do fundo de um poço,onde apenas havia uns poucos cabelos aos quais me fui agarrando e subindo degrau a degrau com tremenda dificuldade e cheguei à superfície. Daqui carreguei uma cruz calcarreando caminhos altamente pedregosos e de inclinação acentuada e lá fui-a transportando até ao cume do Monte do Calvário.
Foi feito todo este percurso, numa altura de extrema dificuldade, onde não havia nada ou muito pouco onde fosse possivel  ilucidar-me sobre esta problemática do álcool,que na ocasião era atribúida o nome de bebado,  bebdeira ou só bebedice.
Recordo-me que a minha primeira reação de indignação deu-se  passados uns meses de ter parado de  beber. foi uma resposta a um artigo de um Médico de Clínica Geral, públicada no Jornal de Espinho de nome Maré Viva, onde ele abordava o tema de uns tantos bebados que ele tinha acompanhado e todos os quatro tinham tido um fim trágico (morte). Concluía ele o artigo como este vício (a quem ele nem classifica de doença fosse intratável).
Indignei-me e para conseguir passar a resposta e me proteger um pouco contei o testemunho do meu amigo que contrariava aquela tese, pois já contava quase um ano de abstinência e estava determinado a vencer as batalhas que se lhe viessem a deparar, não a guerra, porque essa só estará ganha quando deixarmos de estar neste mundo maravilhoso que ganhamos quando nos tornamos abstinentes.
Não tenha  emenda, é muito mais forte que eu:
- Reparem !!! Pretendia no início do artigo falar nos meus mais recentes amores, o Blogue da gadata2011.blogspot.com e do e- mail gadata2011@gmail.com
 A Associação e do Neto Rafael Marinheiro, talvez ele o principal responsável, apesar de ainda estar escondido na barriga da progenitora e em condições normais só virá  visitar o Avô a partir dos meados do mês de Maio.
Filho de Peix diz a sabedoria popilara (sabe nadar e que herdam 65% de nós). Se eu nasci com seis meses e meio fazendo fé no registo de assento de casamneto dos meus Pais, este já tem vida com muito menos meses ou não seja aquilo que o avô babado o tem divulgado..
Porta-te bem Marujinho que o Bobo do teu Avô Marinheiro cá te vai dedicando umas dicas, criando e abraçando novas etapas com o propósito de ajudar e ser ajudado a que a vida seja totalmente digna dessa palavra. Talvez tu sejas o principal obreiro de tudo isto, ou melhor a grande fonter de inspiração.
Uma GADATA , Um LIVRO E UM NETO

2 comentários:

Anónimo disse...

Meus Amigos,foi nos principios de 1970 que vi pela ultima vez Natércia Barreto.Alguem me pode dar noticias dela?
Um abraço!

Fuzo de agua doce disse...

Ó Valdemar, vai com calma, a criança ainda vem acelerada, com as pressas do Avô, olha que fala quem sabe, o meu mais novo parece que tem electricidade, e deve ter sido por estamos tão stressados com a sua chegada, tem calma que dois meses passam depressa, que venha bem é que interessa.
Um abraço
Virgílio