quinta-feira, 24 de março de 2011

Será que caíu o Governo?


Ó Pai!, Ó Pai!. O Sócrates foi-se... Ou será que volta?
 no Blogue = marinheirododouro.blogspot.com
 Como se pode caír quando se andou sempre de rastos?
Não seria nada mau se acontecesse num país que perdeu a primeira dezena de anos do sécul, e que vai perder a segunda.
No meio desta perdição os indigenas estão mais pobres e não têm qualquer hipótese de viver melhor nos anos próximos que vão vir.
Infelizmente só podemos ficar ainda pior.
As crises políticas  políticas às vezes são positivas .
Mas para isso é preciso que existam alternativas sólidas  com com programas que apontem para o emagrecimento do estado, crescimento económico e a redução do desemprego.
Nada disso se passa nesta triste e deprimida Pátria.
O futuro é negro e os resultadis das eleições podem sair furadas ao PSD/FMI .
Ontem na hora de despedida o senhor engenheiro relativo, bem podia ter terminado a sua mensagem ao País com um adeus até ao meu regresso.           
                                                                                                                                                                                                                                                                                                                                                                                                                                                                                                                                                                                                                                                                                                                                                                                                 

3 comentários:

TINTINAINE disse...

Que vamos fazer se o artista aparecer aí de novo a fazer campanha eleitoral para recuperar o lugar perdido?
Será que vão votar nele de novo?
Não será melhor dar-lhe um tiro quando ele aparecer no primeiro comício?

edumanes disse...

Portugal não precisava de mudar de governo. Mas, sim, mudar de política. Afinal vai mudar de governo, e a política continua a ser a burrada de sempre. Será que não existem Homens capazes de governar o país?
Onde estão eles? Será que estão à espera de se afundar de vez. Para nunca e por ninguém poder vir a ser salvo?
Não nos deixem entregues a estes incompetentes. Salvem-nos das suas garras por favor!
Um abraço
Eduardo.

António Querido disse...

Um tiro, seria benéfico, melhor seria metelo numa prisão de alta segurança, até os amigos devolverem ao País o que desviaram!
O teu grito, Eduardo, que bom seria se chegasse aos ouvidos dos Portugueses e Portuguesas, que na próxima campanha eleitoral os vão voltar a abraçar e dar beijinhos, temos uma dose de anestesia tão forte que não vamos acordar a médio praso,próximo passo, vamo-nos despedindo do 13ºmês e do subsídio de férias, a nossa chefe Angela Merkel, vai-nos dando ordens e têm de ser cumpridas, venha o partido que vier, ouviram-na?