segunda-feira, 8 de março de 2010

RTP 1 = Emissão foi de 3 horas de Moçambique

O meu Blogue de hoje=http// riomeurio.blogspot.com

RTP1, Comemorou o seu 53º Aniversário

Cem Anos dos Caminhos de Ferro de Moçambique 

Estação de Caminhos de Ferro em Lourenço Marques (Maputo)

Emissão Directa a parti r do Maputo no passado Domingo dia 7 de Março de 2010
Confissão:
     Foi maravilhoso e confesso que tinha imensas saudades de ouvir falar de Moçambique de forma limpa e apresentando algo positivo que lá exista e não uma seta apontada sempre no sentido da deturpação.
    
Por mim; numa votação de 1 a 10, dava-lhes  nota máxima. Devo confessar que foram três horas maravilhosas e que as vivi tal com tal emoção, como  não se tivessem passados os 35 anos desde o dia que de lá saí (o dia Independência).
     Gostei da forma brilhante como o Malato  e a Vanessa Figueiredo conduziram o programa.
 Quem não se pode enamorar por este País Maravilha, que  banhado pelo Oceano Índico e, com 2.500 quilómetros de Costa Maritima.
     Como teria sido bom que muitos dos nossos politícos que nos entram pela casa dentro  sempre com conversas daquelas que já não há pachorra para os suportar,e, com o seu  ar agressivo; tivessem estado atentos e percebessem como é bom ouvir-se um responsável Governativo falar de coisas concretas e com todo o realismo destacar o que há de positivo e ter a capacidade e humildade de reconhecer quem lhe presta solidariedade. Foi assim que de forma digna falou o Vice-Ministro de Negócios Estrangeiros de Moçambique.
Encher a Alma

Estação dos Caminhos de Ferro Nacala = Moçambique 

Ouvir falar; e, ver-se dançar o Marrabenta, o abanar das Capelanas, nas Machambas e nos Machambeiros e no sem número de iniciativas e ainda ouvir de viva vós de responsáveis locais, o esforço e a cooperação para a incrementação do português, que continuará a ser uma das princiapis apostas do Governo Moçambicano.
     Ter ouvido falar da Academia de Bacalhau que tem rituais, onde os Compadres não podem falar nem de politìca nem de Religião e saber que o principal responsável é um Compadre de Alcacer do Sal, e que conta com homens como o Malagatana- Ilustre Mestre de  Pintura  e Doutor Onoris Causa .
     Quem tem ligações de inter-câmbio com a casa do Gaiato sediada em Paços de Sousa/Penafiel. Que são  diversas as academias  num total de 16.
Amor a Moçambique = Final Parte =1 = Tem  Continuação em próximo edição aqui no Blogue.

2 comentários:

Anónimo disse...

Amigo Valdemar:
Estás de parabéns por vários motivos:
a) Por sentires a força do Amor que sentes por Moçambique...
b) Por saberes que o rio Douro, Midões e Cancelos nada terão a perder...
c) Pela grande amizade e carinho que te prende aos teus camaradas da Armada...
d) Pela sincera retribuição e respeito que recebes de todos eles...
e) Finalmente pelas magníficas alterações que estás a dar aos teus blogs...
Estou a gostar e fico feliz por ti!
PIKO

António Páscoa disse...

Passei por aqui, entrei sem pedir licença, mas já cativaste a minha passagem! Descobri que pelo menos duas coisas temos em comum AMOR e PAIXÃO por MOÇAMBIQUE o mesmo AMOR e PAIXÃO pelo DOURO

embora seja da FIGUEIRA da FOZ!
OS MEUS PARABÉNS CONTINUA

UM ABRAÇO
Páscoa