terça-feira, 20 de abril de 2010

40 Anos Depois Moçambique


 5 dias de Visita  a Maputo/Moçambique
 Governador  Moçambique 1968/70  Dr. Baltazar Rebelo de Sousa 


Um dia em África
Vale por dois na Europa.
    Esta feliz frase, foi dita pelo ex-vice Governador de Moçambique de 1968 a 1970, que melhor nos ajuda a perceber aqueles que estivemos em Moçambique e adoramos aquela terra.
Quando em 2009 em estada  privada de cinco dias em Maputo, o ex-governador não passou
despercebido
.   Foi o reencontro com velhas amizades.
Continua a desfrutar de alguma popularidade pelo trabalho que, juntamente com a mulher, realizou na zona do Bairro de Xipanine, abrindo ali um Centro de Saúde, dedicando particular atênnção aos assuntos sociais e às crianças. Balatazar conta que quando foi nomeado governador de Moçambique, nem perguntou "quanto ía ganhar" e posso dizer com orgulho que não tenho bens em África e nunca levei nada daqui.
Ficou cá tudo
    Continuo a manifestar interesse em conhecer a actual realidade moçambicana, longe de nostalgias ou ressentimentos.

Com Maputo aos pés disse:

Quem não era Burro entendia
«Que cada território tinha razão de ser»
Com Maputo ao fundo continuou: Quem não era burro entendia que viria uma altura que várias parcelas do Ultramar teriam naturalmente de seguir o seu caminho. Cada territótio tinha razão de ser.
    A sua estada privada não passou despercebida. Foi o reencontro com velhas amizades.
    quer cidadões anónimos que o interpelavam na rua ou no Hotel para o cumprimentar quer dirigentes que lhe prestaram uma simbólica e discreta homenagem na Assembleia da República de Moçambique.

             Disse:- Muita gente na Europa olha para África, mas não sofre com África.

                     Muitos estão voltados para o seu úmbigo, apenas para os seus interesses.

4 comentários:

TINTINAINE disse...

Benfica, nuvem de cinza, filas de mijões à espera da sua vez, vacas no Cobué e depois coisas sérias como a saúde e a honestidade de pessoas reais.
Que grande salada, oh filho da escola!

Valdemar disse...

Foi só para certificar-me se estavas atento.
Essa do pó das Nuvens ser dos Cachecóis do Benfiquistas. Tem razão de ser. Há tantos anos que estão dobrados. Seja ao não os Aviões já levantam.
Quanto aos Cães foi relembrar aquela do outro quando disse que os Fuzileiros no Cobué tinham boa alimentação com as Vacas que lá criavam e abatiam.
Espero que esteja desculpado.
Também porque parece-me que as palavras do Baltazar são avisos importantes e realistas que retratam verdades indesmentiveis. Um Abraço forte

Fuzo de Agua Doce disse...

Não foi do meu cachecol que saiu o pó que tem apoquentado os voadores da Europa e não só, pois este é novinho em folha foi-me oferecido pelo meu Neto na Páscoa, espero colocá-lo brevemente para ver como fico com ele gostava que fosse no dia da visita aos Andrades, vamos ver se dá.
Um abraço
Virgilio

TINTINAINE disse...

Já temos o lugar reservado.
Vê a minha mensagem de hoje no Blog da CF2.