sábado, 16 de abril de 2011

A Espinha trancada na garganta dos Americanos.

Já lá vão cinquenta anos que os senhores do Tio San deixaram de poder contar com a sua Ilha de prostituição.
Contra todos os boicotes e tentativas de destabilização o VI Congresso do Partido Comunista Cubano arrancou no dia do 50º aniversário da invasão da Baía dos Porcos, e não deixa de ser interessante a concidência histórica que os mais de mil delegados esperados na reunião em Havana saiam à rua para celebrar a resistência histórica ao imperialismo e capitalismo americano e mundial em geral.
Cuba tem sabido resistir, e, de uma Ilha de prostituição dos americanos, passou a ser um povo com vida própria e digna.
A força da razão e o querer, tem vencido as armas mortiferas dos que não olham a meios para alcançarem fins.
Os defeitos que possam existir e até a necessidade de impôr restrições face aos ataques de que são vitimas. O povo Cubano vive a sua independência e tem a sua terra liberta dos imperialistas.
Que se repare o que estiver mal e menos bem, mas que continuem a dar essa lição ao mundo de querer  e poder.

1 comentário:

edumanes disse...

América do mundo controladora
Cuba, lhe ensinou uma lição
Com sua política conservadora
quer que o mundo lhe dê razão.

Quando ivade outros países
Tenta sempre justificação
Para conservar suas raises
Suas promessas continuarão.

resto de bom domingo
Um abraço
Eduardo.