segunda-feira, 2 de agosto de 2010

Moçambique = Indicações de Amigos pelo Ministro Português Rui Pereira


Vara de Porcos de Engorda= marinheirododouro.blogspot.com
Larápio Zé Fuínha = terrasriomar.blogspot.com
Moçambique e os Cooperantes!!!
OS AMIGOS SÃO PARA A OCASIÃO!!!
O Ministro da Administração Interna, Rui Pereira, indicou o nome do seu ex-chefe de gabimete Arménio Ferreira para dirigir o maior projecto de cooperação bilateral com um país africano, Moçambique, na área de Segurança.
     A nomeação está a causar mal-estar junto ao Ministério do Interior moçambicano, cujos responsáveis esperavam que fossem destacados os elementos da GNR ou da PSP, que já tinham estado em Moçambique a preparar este projecto, com conhecimentos do país e experiência em matéria policial.
   O perfil Arménio Marques Ferreira no entender de fontes que acompanharam o processo, "não se enquadra no que foi pedido pela Comissão Europeia, que financia este projecto" Entre os "critérios"de selecção estavam a experiência na execução de projectos de cooperação e conhecimento do país-alvo de cooperação e conhecimento do país-alvo de cooperação. "Não há nada que encaixe no que foi requerido" sustentão as fontes.
     Isto porque o projecto de cooperação do "assessor técnico principal" de um projecto de cooperação que visa apoiar o Ministério do Interior Moçambicano.
     Envolve a construção e reabilitação de infra-estruturas, formação de polícias, fornecimento de equipamento e acessorio técnica ao Ministério do interior. Juntamente com Marques Ferreira serão nomeados um assessor adjunto e um técnico financeiro, que vão auferir cerca de oito mil euros por mês, cujos nomes também não serão das forças de segurança.
Mais uma vez a sabedoria popular mostra a sua mestria. Não há dois sem três!!!

1 comentário:

TINTINAINE disse...

Não te escapa nada!
Aqui não posso dar opinião pois não conheço o projecto nem o homem de quem se fala. Mas não me admira nada que o Rui Pereira tenha recomendado o amigo para o tacho, afinal «os amigos são para as ocasiões».