terça-feira, 31 de agosto de 2010

Alô Brasil = Inovação = Dedicatória Especial aos Amigos Brasileiros no Brasil


A pretexto da "crise" Novo Rumo
marinheirododouro.blogspot.com
Encontro de Três Marinheiros = Agostinho, Valdemar e Carlos
terrasriomar.blogspot.com
Permitam-me que faça esta dedicatória muito especial a quem lê este blogue no Brasil
Mas que filtro embriagante
       me terias  tu então dado a beber
            Porque lembro-te a todo o instante,
           Sem que nunca te consiga esquecer 

Festa de Homenagem ao Emigrante, realizada neste fim de semana do mês de Agosto de 2010
em Midões/Raiva Castelo de Paiva
I
Minha Terra vou te amar!
Foi aqui que ao mundo cheguei
Também aqui aprendi a nadar
E foi neste Rio que nadei
Comecei  no barco, a navegar.     
 Este Pitoresco Lugar fica de Frente a um outro: como pode ser confirmado nas fotos não menos atraente, diz-se mesmo que só poderiam  ser aqui implantados  pela Mãe Natureza e não haveria outro local em parte alguma do mundo que melhor os podesse embelezar.
  Deram-lhe mais :-  Gente humilde e, hospitaleira e   dotaram-na com a sabedoria de bem saber receber e partilhar esta beleza única.
    Destes dois Lugares: foram muitas as pessoas que emigraram vai para Cem anos para essa Terra distante à procura de uma vida melhor.
    Ganharam um novo amor, pois os que regressaram e foram a maioria jamais deixaram morrer o amor que nutriam pelo solo brasileiro.
    Não trouxeram fortunas, na maioria dos casos até venderam os haveres que cá tinha para pagarem viagens e regressaram pobres, pois não eram de formação e os trabalhos que por lá executaram certamente não dava para juntar dinheiro para mandarem para cá, o que muitos e muitos anos nem era autorizado.
   Contudo era hábito dizer-se que no Brasil havia a árvores das Patacas!!! Que era só abanar e se enchiam os bolsos. Mas a realidade clarificada nestes exemplos, mostram que as coisas corriam de forma diferente.
     Ainda hoje, por lá se encontram inclusivé familiares meus: que apesar de já contarem com mais de meia década de anos lá a trabalhar alguns até vivem com enormes dificuldades económicas.
    Talvez por isso e tendo conhecimento desta situação desde criança. Ao se me ter deparado uma oportunidade de fazer uma viagem num navio dando apoio a cadetes da Escola Naval, optei por não a fazer e preferir conhecer outros países, que me atraíam mais.
     Guardo como recordação um quadro de borboletas que mandei vir pelo Marinheiro que foi no meu lugar, enquanto eu fui para a Alemanha e Noruega.
      Ao povo Brasileiro e portugueses lá emigrados o meu Xi coração.
       Fico feliz pelo que leio: que me leva a concluir, que mesmo indo devagarinho as coisas vão melhorando para este povo na sua grande maioria martirizado.

4 comentários:

Agostinho Teixeira Verde disse...

Que lindas fotografias!!!!!!!

António Páscoa disse...

Gostei do texto, muito mais das fotos!:)

eduardo maria nunes disse...

Fantástico, parabéns ao seu autor.

Fuzo de agua doce disse...

Diria que desde que Lula assumiu a Presidência, este País deu passos de Gigante, espera-se que sem ele, (o que acontecerá brevemente), as coisas não voltem á estaca zero.
Um abraço
Virgílio