sábado, 10 de julho de 2010

PLAYBOY = Baixeza extrema.

Como é Possivel??? Para uns tantos a culpa morre solteira. 
Direito no minímo à indignação.
Polémica com Saramago põe em risco "Payboy"
        Vem os patrõeszinhos aamericanos dizerem agora que não viram nem aprovaram a capa e restantes fotografias do número  de Julho da Playboy Portugal.
    Trata-se de uma violação chocante das nossas normas e não teria sido permitida a publicação se tivessemos conhecimento antecipado.
Devido a estas e outras questões com os editores portugueses, estamos prestes a rescindir o nosso acordo.
     Ainda como se não bastasse a administração da Frestacom tenta explicar que se tratava de um "ensaio original e " único" sobre Saramago, uma "última homenagem" ao escritor recentemente falecido.

  Um ensaio fotográfico inspirado em O Evangelho Segundo Jesus Cristo, em que Cristo aparece junto de lésbicas e de prostitutas de rua.
Na capa, Cristo é também representado na companhia de uma mulher seminua, sobre uma cama.
Não sendo eu Cristão, mas ligado a famlia cristã entendo que deveria ser exigido mais respeito para com os crentes e enquanto admirador da obra de Saramago seria exigível mais respeito pelo Nobel e acabar-se com a baixeza de não olhar a meios para alcançar neste caso por parte da revista dividendos monetários.
   Mas como começa a ser um procedimento normal:- Não vai haver culpados e a culpa vai morrer solteira!!!

1 comentário:

Geadas disse...

Também estou indignado com a capa da revista. Existem outras maneiras de promoção para vender papel.