sexta-feira, 23 de julho de 2010

Um Figurão da Pátria


O Filho da Cigana = marinheirododouro.blogspot.com

Literatura e Hipócrisia = Blogue = terrasriomar.blogspot.com
                  
Henrique Granadeiro
Economista e Gestor de Empresas

Actualmente :-
Presidente do Conselho de Administração da PT.
Conselho Estratégico do Banco Finantia
Presidente do Conselho Geral da Universidade Nova de Lisboa.
Nota:
     Não há quem queira assumir: depois são sempre os mesmo a terem de estar subcarregados.
Em Resposta a Ferreira Leite:- " Já parecem esquecidas" as tentativas de  intervenção do Governo do PSD na Lusomundo que levaram à minha dermissã"

Henrique Ganadeiro
     Um figurão da Pátria e comporta-se como tal.
 Não o demove, nada o tira da cadeira, mesmo que seja enganado, encornado, uma, duas vezes. este agricultor nas horas vagas tem um enorme estômago e um coração cada vez mais cor-de-rosa. O homem que se queixou de enormes pressões do PSD quando estava à frente da Lusomundo e mandava em alguns jornais confessou publicamente que foi encornado pelos boys do PDS na jogada de controlo da TVI pela PT.
     Agora, na telenovela de venda da parte Vivo à Telefónica, fez um inervalo nos vinhos para andar pelo Mundo a garantir aos investidores que o estado não ía usar a golden share. Foi enganado mais um vez.
     É muito bem feito.
     Quem é encornado por gosto não pode andar por aí a fazer queixinhas.
  

2 comentários:

Piko disse...

Este Henrique Granadeiro foi um dos ilustres a quem o 25 de Novembro de 1975 (já faz tempo!) deu brilho pela mão do gen. Eanes, que ao tempo o nomeara chefe da Casa Civil da Presidência!
Tudo tem que ter um início para depois o resto vir por acréscimo, como parece ser o caso!
O curioso, é que nem se reformam, nem ameaçam que o vão fazer, porque, pelo menos, tinham o bom senso de dar a vaga aos mais novos, àqueles que têm o tal canudo depois de terem feito muito esforço e que finalmente até conseguiram notas altíssimas, mas que não lhes serve de muito a não ser que optem pela velha emigração, agora formados com a ajuda dos contribuintes, capazes de discutir os bons lugares nesses países, um novo sinal dos tempos que estão aí!...
Lembro até e por curiosidade que há vinte, trinta anos, os snrs. doutores e mesmo os que não o eram, por tudo e por nada iam buscar o celebérrimo caso do ditador que tivera o desplante de se aguentar no "poleiro" os tais 48 anos da nossa solidão, mas, que há uns bons anos a esta parte já nem comentam o facto, porque por este andar, muitos deles vão chegar lá e mesmo ultrapassá-lo!...
O homem continua e continuará a surpreender-se a si próprio, enquanto por cá subsistir...
Tudo isto a propósito do cidadão Granadeiro!
PIKÓ

Fuzo de Agua Doce disse...

Pois é como diz o Amigo PIKO, também recordo o figurão desde que andou a engraxar os sapatos ao Eanes, mas o problema maior é que os figurões são tantos, que um jornal diário era pequeno para ter lá o nome de todos, e assim vai este Pais.
Um abraço
Virgilio