quarta-feira, 3 de novembro de 2010

N. R, P. Sagres = Portugal e o Mar nos Dias de Hoje

O Mar ficou e está na Alma dos Portugueses.
Ainda hoje Portugal e a sua Armada o conservam bem simbolizado no grande  e belo Veleiro conhecido pelo Navio Escola Sagres.
    Majestosos em todo o seu elegante mastreame ele tem sido o nosso melhor embaixador em muitas e festivas comemorações navais por esse mundo além.
     E muitas honrosíssimas missões ele continua a desempenhar.
     Encontra-se numa viagem que se prevê a sua duração seja de onze meses e que terá passagem pelo Brasil, Chile, Peru, Equador, México, EUA, Japão, Coreia do Sul, China, Timor-Leste, Indonésia, Singapura, Tailândia Malásia e Egipto, entre outros.
     O Mar no coração dos portugueses.
           I
Neste meu País salgado
Que foi Pátria de Camões 
Que hoje está a ser saqueado
Por uma corja de comilões
         II
Que foi terra de bem feitura
De Marinheiros e Agricultores
Onde hoje a única fartura
É de falsos profetas, engºs e Doutores
       III
Há quem escreva só por escrever
E há quem  tente mesmo adivinhar
Mas nunca o irão chegar a saber
Quantos peixes e água  há no mar.
         IV
Também, como quando a maré sobe,
O mesmo quando ela maré desce
Porque razão será que  assim move
E porque sistema tudo isto acontece?
        V
Para o meu nome poderem lêr:
Ou mesmo para eu o assinar
Valde tenho mesmo de escrever
Depois unindo-lheu  o meu Mar
      VI
Assim tinha de acontecer
Com todo este amor verdadeiro
Eu mesmo só poderia vir a ser
Um apaixonado Pescador e Marinheiro.

Podem culpar os meus amigos de falta de veia poética, mas de amor ao Mar e à Marinha. Nunca.

2 comentários:

TINTINAINE disse...

Tu o dizes, oh filho da escola!

Valdemar disse...

Ó Valdemar não me fales na Sagres... Havia anos que não comia umas fêbras tãos boas!... Apenas descubra o teu SPM mando-te os vídeos que fiz de Xangai... Vais gostar!