terça-feira, 23 de novembro de 2010

Peço desculpa mas não posso fazer mais trabalhos


Companheiros e Amigos, se tenho o teclado bloqueado e desapareceu o rato como posso trabalhar
Provávelmente coisas destas, só mim!!! O ter de ser tem muita Força. É mais forte que eu!!!!
Fazendo  um comentário o Tintinaine disse:
                                                        Adoptas-te o gato e não querias que o rato fugisse?
     A minha Sereia tem a mania que não quer nem gosta de gatos em casa! E digo mania porquê e passo a explicar:
     Deve haver para aí uns vinte anos, que apareceu por cá uma gata, sempre a prpotestar com o raio dela cá via parar, mas  sempre lhe deitando alguma coisita, claro que ela por cá foi passando com visitas mais ou menos rápidas. Por cá se habituoua ter  gatos, quelá  íam desaparecendo.Mas as gatas são como as andorinhas. Umas vem fazer os ninhos, as gatas parirao mesmo sítio, fica de mãe para filha.
    Mas como no principio  do ano, ela veio para casa,  uma gata  deve ter-se apercebido disso e lembrando-se que ela sempre teria mais algum vagar, presenteou-a com quatro. Claro que  não precisaram de ir arranjar para trincar,  ela a mulher, vai-lhe deitando de comer.
   Mas continuam meios bravos, não se lhe consegue deitar a mão.
   Ontem tinha a porta do automóvel aberta e como estava Sol, um entrou lá para dentro, ela disse-me fechei a porta do carro e leveio a  dar uma volta. Abri a porta, mas  ele como a adivinhar, não estava com grande vontade de saír, mas ao fim de algum tempo lá foi. Quando cheguei a casa, tinha este grandississimo malandrão, no estado que vocês já constataram.
   Garanto-vos que não fui eu que o meti lá. Nem ele me pediu autorização para o fazer.
    A sabedoria popular nunmca se engana:
- Quando a sorte não penetra!!!  Três na Peida e etc.
 

3 comentários:

TINTINAINE disse...

Adoptaste o gato e não querias que o rato fugisse?

eduardo maria nunes disse...

Será que o rato fugiu!
ou foi o gato que o comeu?
Se não foi uma coisa nem outra,
então onde é que o raio do rato se mereu?
Foi de propósito, amigo Valdemar,
que o gato em cima do teclado se foi deitar.
Se a gato o rato não apanhou
é melhor o levares no carro passear,
mas não te esqueças de antes tomates adubar.
Para que eles possam crescer livremente,
e que não sejam sómente, coisas do passado.
Quando o nosso país já não o mais atrasado
e tudo vai de vento em popa.
A passos largos vamos caminhando
que parecem ser para uma banca rota
e de quem será tanto a culpa.
Disso não tenho tanta certeza,
Não será nenhuma surpresa
mas pemso que seja de mão marota.

Fuzo de agua doce disse...

Gosto de todos os chamados animais domésticos, e há muitos anos que tinha gatos, acontece que o meu Neto mais velho é alérgico ao pêlo dos mesmos, e não os posso ter cá, e digo-te que me dava um grande jeito, para caçar ratos, gasto uma fortuna em veneno, e cada vez há mais.
Uma braço
Virgílio