terça-feira, 8 de fevereiro de 2011

Guerra Colonial 50 anos= Conte no JN a sua história de guerra


Familia para onde vais?
riodouroniassa.blogspot.com

Conte no JN a sua história de guerra 
publicado no JN de 8 de Fevereiro de 2011
Leitores que combateram em África são desafiados aa recordar no JN a sua história de guerra.
Façam-no em 1800 caracteres e junte-lhe uma ou outra foto desse período e outra actual.
Façam-no via CTT (Jornal de Notícias, 50 anos da Guerra Colonial, Rua de Gonçalo Cristovão, 195
4049-011 Porto), em mão, num envelope com as indicações atrtás referidas, ou pelos endereços electrónicos mailto:leitor@jn.pt%20ou jn.online@jn.pt

Também talvez não saiba que:

Que o escritor Júlio Verne  que nasce a 8 de Fevereio e morreu em 1905, sendo o escritor mais trazido no mundo, como um total de o ser em 168 Países.

Que os Automóveis novos ao saír do Stander já saiem com as luzes diurnas. Que o condutor a dar à chave elas se ligam automáticamente.
Que esta medi leva a que na condução quem se apróxima pode ver mais cedo uns segundo e ele serem suficientes para evitar acidentes. Ou simplesmente serão modernices sem interesse lançadas pela Comunidade Europeia.  A desviar outras intênções?

3 comentários:

Fuzo de agua doce disse...

Acabei de escrever que a comunicação social só se interessa por «fofocas», mas parece que não é geral, pelo que dizes o J.N. é excepção á regra.
Um abraço
Virgílio

António Querido disse...

Ouvi a notícia, que na minha opinião, vai resultar em 0, porque o condutor não pode ter deficiência visual, se não vê um carro tamb. não vê as luzes, dias de nevoeiro já é obrigatório os médios, portanto são mais umas luzes que o contribuinte vai pagar e a sua manutenção!

Artur Sousa (Leiria) disse...

Amigos, esta toca-me! O que isso de luzes acesas agora aí em Portugal?
Aqui no Canadá existe há mais de vinte anos essa inovação, o que é mais do que boa – é óptima, como sabem andei mais de 25 anos envolvido na educação de condução, por isso frequentei cursos, onde tudo e muito mais se discutiu e estudou… está provado que desde a implementação do uso das luzes acesas 24 horas, muitas vidas têm sido salvas à sua conta! Não vou desenvolver os prós e contras porque noto não ser necessário mas que trabalha - trabalha.
Um outro caso é o uso de uma luz extra nos travões hoje, em cima do vidro de trás, que só aparece ao se accionar o pedal do travão. Contudo, aí em Portugal obrigavam as pessoas que levavam carros de cá a eliminá-las!?
Pura parvoíce, mas ao que parece já se usa aí em Portugal hoje em dia; tem sido coisa que não tenho ligado quando estou aí de férias.
Um abraço.